MMA

UFC

Nigeriano campeão do UFC deixa equipe de Durinho antes de luta pelo cinturão

Kamaru Usman treinará em outra academia para enfrentar ex-parceiro

postado em 24/06/2020 18:05 / atualizado em 24/06/2020 18:41

(Foto: UFC/Reprodução)
Campeão dos meio-médios (77kg) do UFC, Kamaru Usman tentará manter o cinturão contra Gilbert Durinho na estreia da Ilha da Luta, em Abu Dhabi,na edição número 251 do evento, no dia 11 de julho. Os dois são amigos e parceiros de academia na Flórida, o que levou o nigeriano a deixar a equipe e mudar o camp de preparação para Denver. 

Kamaru Usman vinha treinando ao de Durinho na equipe Sanford MMA, na Flórida. Com a marcação da luta diante do velho parceiro, o nigeriano optou por se transferir para Denver e disse que vai se preparar com nomes como Justin Gaethje e Rose Namajunas. Em declaração à ESPN norte-americana, o campeão minimizou a mudança.

“A Flórida foi minha base por muito tempo, mas você cresce a partir daí. Eu sempre tive alguns dos melhores parceiros de treinos e grandes treinadores. Mas eu queria uma atenção mais específica neste momento da carreira, alguém para dizer ‘Você vai vir aqui e trabalhar esta habilidade em particular’. É muito duro fazer isso quando você tem 40 ou 50 caras na sala com você que também precisam de atenção”, disse o Pesadelo Nigeriano.



Kamaru tirou o cinturão de Tyron Woodley, que foi batido por Gilbert Durinho recentemente, o que garantiu ao brasileiro o direito de desafiar o novo campeão. Como os dois se conhecem bem, o nigeriano admitiu que precisaria de um camp diferente para defender o cinturão. “Acho que eventualmente eu teria que mudar as coisas de qualquer maneira. Em algum momento, quando você treina com os caras diariamente e é o campeão mundo, esses caras o conhecem por dentro e por fora. Se ficarem melhor, eles estarão sedentos que é a hora deles”, frisou.

“Uma pequena separação disso é uma boa. Isso mantém o elemento surpresa, porque esses caras acham que conhecem você”, comentou o nigeriano de 33 anos, que tem 16 vitórias e só uma derrota na carreira. Ele chegou ao UFC depois de conquistar o The Ultimate Fighter 21, em 2015, e teve rápida ascensão na divisão dos meio-médios ao ganhar oito lutas seguidas. O africano conquistou o título ao desbancar Tyron Woodley e o manteve uma vez com triunfo sobre o falastrão Colby Covington. 

 

UFC 251


11 de julho
Ilha da Luta, em Yas, Abu Dhabi, Emirados Árabes

Card principal
Kamaru Usman x Gilbert Durinho – cinturão dos meio-médios
Alexander Volkanovski x Max Holloway – cinturão peso pena
Petr Yan x José Aldo – cinturão peso galo
Jéssica Bate-Estaca x Rose Namajunas – peso palha
Amanda Ribas x Page VanZant – peso mosca

Card preliminar
Volkan Oezdemir x  Jiri Prochazka – meio-pesados
Zhalgas Zhumagulov x Raulian Paiva – peso mosca
Karol Rosa x Vanessa Melo – peso galo
Makwan Amirkhani x Danny Henry – peso pena
Léo Santos x Roman Bogatov – peso leve
Elizeu 'Capoeira' x Muslim Salikhov – meio-médios
Tai Tuivasa x Jarjis Danho – peso pesado
Shamil Abdurakhimov x Ciryl Gane – peso pesado

*Brasileiros em negrito 

Tags: camp nigeriano cinturão UFC gilbert durinho Kamaru Usman ilha da luta UFC 251 pesadelo nigeriano