MMA

UFC

Dana White anuncia demissão em massa no UFC; Yoel Romero está fora

Dirigente informa que serão 60 cortes na franquia até o fim do ano

postado em 07/12/2020 18:50

(Foto: Reprodução/UFC)

Em um ano atípico, de pandemia da COVID-19 e perdas financeiras, o Ultimate Fighting Championship vem promovendo um processo de renovação dos lutadores. Enquanto veteranos como Anderson Silva, Fabrício Werdum e outros se despediram, chegam novatos e revelações para diversas categorias. O presidente do UFC, Dana White, disse que os cortes continuarão intensos até o fim desta temporada. 

Em entrevista depois do UFC de sábado passado, em Las Vegas, o dirigente disse que o número de demissões poderá chegar a 60 em 2020. E outro veterano está fora dos planos da franquia: o cubano Yoel Romero, de 43 anos, que já disputou o cinturão interino e o linear (principal) do peso médio (84kg). O ex-wrestler medalhista de prata nos Jogos de Sydney, Austrália, em 2000, se tornou agente livre no mercado. 

Dana White antecipou que a idade pesou para a saída de veteranos, além da necessidade de renovar o plantel de lutadores da organização, em todas as divisões. "Não é só Yoel. Vamos passar por cortes sérios no fim do ano. Provavelmente teremos 60 dispensas até o fim do ano. Yoel perdeu quatro de suas últimas cinco lutas, tem 44 anos de idade (vai completar em abril)", declarou.

Nosso elenco está muito inchado agora. Vamos ter grandes cortes até o fim do ano, você vai ver muitos nomes indo embora nas próximas semanas", acrescentou Dana, que no caso de Romero admitiu que a baixa produtividade do cubano, com três derrotas consecutivas, também pesou. "Simplesmente estávamos passando pela lista, ele tem 44, perdeu quatro das últimas cinco, é uma das decisões difíceis que temos que tomar", completou.

(Foto: Stephen R. Sylvanie/USA TODAY Sports)


Ex-campeão dos médios e detentor da segunda maior marca de defesas de cinturão no UFC (10), Anderson Silva se despediu da franquia no início de novembro. Após a derrota para Uriah Hall, por nocaute técnico no segundo round, em 31 de outubro, o Spider, que ainda tinha uma luta a cumprir no contrato, rescindiu com a franquia e também se tornou 'agente livre'. 

Ao mesmo tempo, o UFC tem renovado as divisões com a chegada de novos atletas. O Contender Serie's, programa criado por Dana White para descobrir talentos, resultou na contratação de brasileiros como a paraibana radicada em BH, Luana Pinheiro, no peso palha (52kg) e o mineiro de Governador Valadares, Nikolas Motta, na categoria dos médios (84kg). 

Tags: demissão cortes dana white UFC yoel romero