MMA

UFC

Charles do Bronx nocauteia americano e leva o cinturão peso-leve do UFC

Novo campeão venceu no segundo round, em Houston, nos Estados Unidos

postado em 16/05/2021 11:10 / atualizado em 17/05/2021 08:12

(Foto: CARMEN MANDATO / AFP)
O Brasil tem novo campeão no UFC. O brasileiro Charles Oliveira, o Charles do Bronx, conquistou o cinturão do peso-leve nesta madrugada ao nocautear o norte-americano Michael Chandler, no segundo round, em Houston, nos Estados Unidos. Depois de 28 lutas e mais de 10 anos de espera, o lutador do Guarujá finalmente conquista o almejado título.

Após um primeiro round duro, no qual chegou a ir para luta no chão e teve de escapar de uma guilhotina, superar sangramento no supercílio e se defender de série de golpes no fim, Bronx precisou de somente 19 segundos do segundo round para ganhar a principal luta do UFC 262.

A vitória veio com um potente gancho de esquerda no queixo do americano e sequência de duros golpes no americano, que foi ao chão, ficou sem reação, e o árbitro acabou intervindo e finalizando a luta. Além do cinturão, a vitória ainda rendeu ao brasileiro o prêmio de Performance da Noite. Embolsou US$ 75 mil (aproximadamente R$ 395 mil).

"Provei que eu posso ser o melhor da categoria. Ei, Dana (White, dono do UFC), aposta em mim. Você trouxe um monstro do Bellator e eu disse que ia nocautear, e nocauteei", festejou o paulista do Guarujá. "Disse para você que eu era um menino no meio dos leões, mas eu agora sou um leão no meio dos leões!"

(Foto: CARMEN MANDATO / AFP)
Menino humilde, Bronx resolveu lembrar de suas origens no empolgado discurso vencedor. "Favela, a gente venceu de novo. Pode chorar, mas chora de alegria, que é nosso. Pode chover pedra, irmão, porque quando a pedra voltar, irmão, vão cair todos", seguiu. "Estava escrito, era meu dia hoje. Filha, está aqui, você pediu, estou levando", concluiu, sobre o cinturão conquistado.

O título do peso-leve do UFC estava vago desde 2020, com a aposentadoria do russo Khabib Nurmagomedov, que deu adeus à categoria sem uma única derrota.

Tags: mma ufc maisesportes Charles do Bronx