Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro solicita torcida única para o jogo com o Palmeiras por temor de conflitos

Partida será disputada neste domingo, às 16h, no Mineirão

postado em 04/12/2019 15:02 / atualizado em 04/12/2019 15:38

(Foto: Ramon Lisboa / EM DA PRESS)

O Cruzeiro protocolou, nesta quarta-feira, na Federação Mineira de Futebol (FMF), pedido para que o jogo com o Palmeiras seja disputado com torcida única. A partida contra o time paulista será realizada no domingo, às 16h, no Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

A diretoria do clube estrelado teme que o duelo possa acabar em pancadaria em razão dos possíveis ânimos exaltados das duas torcidas. O pedido do Cruzeiro leva em consideração também o histórico de brigas entre as organizadas das equipes.

A Raposa corre risco de rebaixamento e pode cair contra o Grêmio, em Porto Alegre, nesta quinta-feira, ou na rodada final, diante do Palmeiras – clique aqui e confira as combinações que podem salvar o Cruzeiro.

"Levamos em conta os conflitos que podem acontecer tendo em vista as inúmeras brigas entre a Mancha Verde e a Máfia Azul. Lembro de partida no antigo Mineirão de um quebra pau da torcida Mancha Verde, que já se mostrou violenta diversas vezes", disse o diretor de comunicação do Cruzeiro, Valdir Barbosa.

"E pesa ainda os momentos dos clubes. A torcida do Palmeiras está descontente com o desempenho do time e nós corremos o risco do rebaixamento. A gente teme que algo muito grave possa ocorrer", acrescentou Barbosa.

O dirigente do Cruzeiro disse que também está encaminhando um documento à Polícia Militar explicando o risco de brigas nesta partida.

"Entraremos em contato, mas quem define o plano de segurança geral é a Polícia Militar. Ela tem o know how, porque é uma das melhores do Brasil. Já a segurança interna é da Minas Arena. O Cruzeiro paga a Minas Arena, que é responsável por esse serviço. Não temos como interferir", destacou o dirigente.

Barbosa afirmou que o Cruzeiro está atento à segurança do elenco e dos dirigentes. "A delegação do Cruzeiro, além da segurança da Polícia Militar, tem o nosso departamento de segurança, que protegerá os camarotes, onde ficam os dirigentes, e os locais por ondem passarão os jogadores", destacou.

A resposta para a solicitação do Cruzeiro deve ser oficializada nesta quinta-feira. "Amanhã (quinta) é a reunião do jogo. Então, não tem motivo de a definição não ser amanhã. Confio no bom senso das autoridades diante dos fatos que estão acontecendo".

Tags: mineirao cruzeiroec palmeirassp torcida única seriea