América

AMÉRICA

Diretor ressalta 'responsabilidade financeira' do América e garante otimismo para a sequência da temporada

Paulo Bracks afirmou que o clube alviverde está preparado para ascender à Série A e se manter na elite por mais tempo

postado em 04/06/2020 10:06 / atualizado em 04/06/2020 10:40

(Foto: Jair Amaral/EM/DA Press)

América mantém seu planejamento em meio à pandemia do novo coronavírus. Sem data definida para o retorno das competições, o clube mira reforços para a sequência da temporada. Entretanto, o monitoramento do mercado é feito com responsabilidade.

Em entrevista à Rádio 98FM, o diretor de futebol Paulo Bracks destacou a ‘responsabilidade financeira’ do clube no mercado da bola, a fim de manter o orçamento. 

“O monitoramento de mercado é permanente. Quando há uma oportunidade de mercado, a gente procura atuar. Nós trouxemos agora um zagueiro, que foi uma oportunidade mercado, era um jogador que ia ficar livre do seu clube e era um atleta que já estava no nosso radar. O América não tem pujança financeira de sair comprando jogador e também tem responsabilidade financeira de não passar o seu orçamento”, disse. 

No mês de fevereiro, o clube alviverde divulgou o orçamento de 2020, no qual previa receita de R$ 37 milhões. Entretanto, com a pandemia da COVID-19, o valor em arrecadações poderá sofrer alterações. 

No documento, ainda estava previsto o gasto de R$ 22.374.856,00 com o futebol profissional masculino neste ano, o que corresponde a cerca de R$ 1,7 milhão por mês.  

Planejamento a longo prazo

Apesar do futuro incerto quanto ao retorno das competições esportivas, o América já tem traçado um projeto a longo prazo. Segundo Bracks, o clube alviverde está pronto para ascender à Série A e se manter na elite do futebol nacional por mais tempo.

“A gente teve o retorno de dois atletas importantes, de muita experiência e conhecedores da Série B, que é o Marcelo Toscano e o Felipe Azevedo. A gente tem o retorno do Neto Berola, a gente tem três grandes reforços que já estavam no planejamento. Nós vamos trazer um ou dois jogadores para compor. Com o elenco que nós temos hoje, eu estou muito otimista para afirmar que nós estamos prontos para disputar a Série B e mirar esse objetivo que é ascender à Série A e permanecer (na elite)”, completou.

O América e os demais clubes aguardam um parecer da Federação Mineira de Futebol (FMF) e das autoridades públicas para a definição do calendário do Estadual. 

O presidente da FMF, Adriano Aro, se reunirá com o governador Romeu Zema (NOVO) no dia 10 de junho para discutir sobre o Campeonato Mineiro. O Coelho é líder da competição, com 21 pontos. 

Tombense (20), Atlético (18), e Caldense, (17), completam o G4 do estadual. O Cruzeiro é o quinto colocado, com 14. 

Tags: serieb americamg interiormg paulo bracks