América

AMÉRICA

Juninho, do América, vê concorrência mais forte por título do Mineiro com contratações de rivais

Volante ressaltou ganho de confiança do elenco alviverde durante período sem jogos

postado em 11/07/2020 07:00 / atualizado em 10/07/2020 19:38

(Foto: João Zebral/América)
O Campeonato Mineiro recomeça no dia 26 de julho com mudanças no elenco da maioria das equipes após o período de paralisação em função da pandemia do novo coronavírus. O volante Juninho acredita que o líder América, com 21 pontos, terá concorrência mais forte pelo título da competição. 

“Aumenta sim. O Cruzeiro vem contratando, o Atlético não precisa nem falar. O Tombense também estava na briga. A gente não ganhou título, a gente está na frente porque nós nos colocamos nessa posição. Então, acredito que será bem disputado, será da forma que queríamos. Ninguém queria que o campeonato acabasse e desse o título para o time que estivesse na frente. A gente quer que o campeão saia dentro de campo e a melhor equipe que souber enfrentar as dificuldades e vencê-las se torne o campeão”, disse à TV Coelho.

O primeiro jogo do Coelho no retorno da competição será o clássico contra o rival Atlético. Os clubes se enfrentarão no dia 26 de julho, em jogo válido pela 10ª rodada. A princípio, a partida está marcada para o Independência, mas é preciso o aval da prefeitura de Belo Horizonte para a confirmação do duelo. 

O próximo adversário do América é um dos times que mais se reforçaram durante o período de pausa em função da pandemia. Com a ajuda de parceiros como o empresário Rubens Menin, um dos fundadores da MRV Engenharia, e do banco BMG, o clube alvinegro investiu R$ 85 milhões.

O América, por sua vez, manteve a base da equipe do início do ano. A diretoria alviverde trouxe o zagueiro Anderson, ex-Bahia. O jovem atacante Kawê, de 18 anos, foi integrado ao elenco principal. Lisca ainda estuda a integração de outros jogadores. 
 
Já o Cruzeiro contratou quatro reforços até o momento. O atacante Guilherme Mendes, o lateral-direito Raúl Cáceres, o meia Régis e o meia-atacante Claudinho
 
Confiança 

O América ainda não perdeu durante esta temporada. O time alviverde soma sete vitórias e cinco empates em 12 jogos - um aproveitamento de 72,22%. Para Juninho, o período de paralisação foi positivo para o grupo. Ele acredita que a confiança entre os jogadores está ainda maior.

“Será bem disputado pelo fato deles se reforçarem, mas também foi um tempo bom para nós. Um tempo que eu acredito que até a confiança aumentou entre nós. Já estava grande e até aumentou. A torcida pode ter certeza que o América vai brigar forte esse ano”, completou.
 
O Campeonato Mineiro foi paralisado na nona rodada, no dia 15 de março, devido à pandemia do novo coronavírus no Brasil. A classificação tem o América como líder, com 21 pontos, seguido por Tombense, 20, Atlético, 18, e Caldense, 17. O Cruzeiro é o quinto, com 14. Na sequência aparecem: 6º) Patrocinense - 12; 7º) Uberlândia - 11; 8º) URT - 11; 9º) Boa Esporte - 8; 10º) Coimbra - 7; 11º) Villa Nova - 4; 12º) Tupynambás - 3. 

Tags: juninho serieb americamg interiormg