América

FUTEBOL FEMININO

América atualiza situação do departamento médico de futebol feminino

Seis jogadoras deram início aos trabalhos de transição física

postado em 21/07/2020 11:00 / atualizado em 20/07/2020 19:41

(Foto: Mourão Panda/América)
América atualizou a situação do departamento médico de futebol feminino após a segunda semana de treinos remotos. Seis jogadoras iniciaram as atividades de transição sob supervisão da preparação física. 
 
A meia Ronaldinha, a atacante Lilian e a goleira Sandy estavam afastadas por lesão no joelho esquerdo, enquanto a lateral-esquerda Dani Peré teve problemas no joelho direito. Já a meia Duda lesionou a região lombar. 
 
A equipe feminina segue a rotina de treinamentos de forma remota sob supervisão do preparador Hiron Guimarães e a fisioterapeuta Bárbara Braz. Ainda não há previsão para retorno das atividades presenciais.
 
O América segue em busca de um substituto para a treinadora Kethleen Azevedo. O clube dá sequência ao processo seletivo para a admissão de novo profissional. 
 
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou o retorno da Série A-2 do Campeonato Brasileiro, com formato preservado. A competição, paralisada após a primeira rodada, tem retorno previsto para o dia 18 de outubro e a final marcada para 31 de janeiro de 2021.
 
O América venceu a primeira partida com uma goleada por 6 a 0 sobre o SERC-MS, no dia 15 de março, em jogo disputado no Sesc Venda Nova. 

Tags: americamg interiormg futfeminino