América

PANDEMIA DE COVID-19

Associação de Treinadores classifica apelo de Lisca como incoerente

Treinador do América pediu à CBF para que o futebol fosse paralisado por causa da pandemia de COVID-19

postado em 04/03/2021 16:39 / atualizado em 04/03/2021 17:54

(Foto: Divulgação/ América)

O presidente da Associação Brasileira de Treinadores de Futebol (ABTF), Fernando Luiz Pires, classificou como incoerente o apelo feito pelo técnico Lisca à CBF para que o futebol fosse paralisado. Nessa quarta-feira, o treinador do América implorou à entidade para não dar início à disputa da Copa do Brasil 2021 devido ao aumento do número de casos e óbitos por COVID-19 no país
 
Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, colunista da Folha de S. Paulo, o representante da ABTF considerou que o comandante do Coelho foi contraditório em suas atitudes na prevenção à doença. Em novembro de 2020, após a classificação do América à semifinal da Copa do Brasil, ao bater o Internacional, nos pênaltis, Lisca desrespeitou as recomendações sanitárias e festejou a vaga com os torcedores que estavam aglomerados no entorno do estádio Independência, em BH.

"Não adianta o Lisca dizer que tem gente morrendo, que está preocupado, que perdeu alguns companheiros, sendo que há pouco tempo não se importou muito em comemorar a classificação nos braços da torcida", disse Fernando Luiz Pires. “As pessoas têm que ter cuidado com as suas posições, ser mais coerentes. Têm que se comportar como falam”, complementou.

Lisca desabafou ao vivo no canal Premiere FC minutos antes de a bola rolar para Athletic x América, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro.
 
 
"O nosso país parou, gente! Não tem lugar nos hospitais, eu estou perdendo amigos, perdendo amigos treinadores. Não é hora mais, é hora de segurar a vida, velho", disse o treinador.

"É inacreditável sair uma tabela da Copa do Brasil hoje (quarta-feira), com jogos dia 10, 17 (de março), 80 clubes que nós vamos levar jogadores com delegação de 30 pessoas para um lado e para o outro do país", continuou o treinador, que cobrou a alta cúpula do futebol brasileiro por atitudes.

"Vai pegar uma delegação do Sul e levar para Manaus, como que vocês vão fazer isso, gente!? Presidente Rogério Caboclo (da CBF), pelo amor de Deus, Juninho Paulista (coordenador), Tite (técnico da Seleção Brasileira), Cléber Xavier (auxiliar-técnico), as autoridades, nós estamos apavorados, pelo amor de Deus", encerrou.

De acordo com o balanço divulgado nessa quarta-feira (3) pelo consórcio de veículos de imprensa, o Brasil registrou 1.910 óbitos por COVID-19 em 24 horas - o maior número desde o início da pandemia, em fevereiro de 2020. Quase 260 mil pessoas morreram em decorrência da doença.

Tags: pandemia americamg interiormg futnacional lisca seriea covid-19 ABTF