Atlético

ESPORTE NA TV

Comentaristas da ESPN apontam 'equívoco' em opção por Tchê Tchê no Atlético

Osvaldo Pascoal e Felippe Fascincani criticaram a constante escolha do técnico Cuca de colocar o meio-campista entre os titulares do Galo

postado em 04/05/2021 14:35 / atualizado em 04/05/2021 14:42

(Foto: Reprodução/ ESPN)

Os comentaristas Osvaldo Pascoal e Felippe Facincani, da ESPN, criticaram a constante escalação do meio-campista Tchê Tchê entre os 11 jogadores titulares do Atlético. No programa ‘BB Debate’, desta terça-feira (4), os jornalistas classificaram a constante opção do técnico Cuca como um ‘equívoco’ na formação inicial do Galo
“Acho que dá para ter espaço para o Tchê Tchê no time do Atlético. Não acho que ele seja um jogador que não deva jogar, pelo contrário, ele tem espaço no Galo, mas precisa arrumar esse espaço para ele. Ele vai jogar aberto pelo lado do campo no lugar do Savarino? Por dentro ele não vai jogar no lugar do Nacho (Fernández). De primeiro volante não é a característica dele, então é aí que está o equívoco na escalação dele, como primeiro volante. O Tchê Tchê, nessa formação aí, não se enquadra no que a gente vê do time do Atlético”, afirmou Pascoal. 

Para Facincani, o jogador do Atlético tem menos recursos técnicos e táticos em relação aos ‘concorrentes’ da posição. Ainda segundo ele, o maior erro de Cuca no Atlético foi colocado Tchê Tchê entre os titulares do time alvinegro logo de cara. 
 
A galeria não aparece para você? Clique aqui para acessá-la!
 
“O problema na verdade é o seguinte, se ele não consegue sair jogando e se torna um jogador limitado de recursos é melhor sair do time. Aliás, o acho um jogador bem limitado em recursos, posicionamento técnico e tático, é um atleta supervalorizado. Vejo o Allan com muito mais potencial de marcação e distribuição de jogo em relação a ele (Tchê Tchê). Além disso, pode ter o Alan Franco jogando por dentro também”, disse. 

“O Atlético tem opções melhores que o Tchê Tchê. Para mim, o erro maior do Cuca foi já chegar com esse jogador supervalorizado e colocar como titular da equipe do Atlético. É um jogador que tem muito mais status do que bola em relação ao que as pessoas pensam”, finalizou. 

Erros e cobranças


Tchê Tchê viveu uma semana turbulenta. Homem de confiança do comandante alvinegro, o meia recém contratado pelo Atlético ainda tenta conquistar a torcida. Nos últimos dois jogos, porém, foi muito criticado por cometer erros em lances cruciais nas vitórias por 2 a 1 sobre o América de Cáli-COL e 3 a 0 diante do Tombense

“Não está sendo um início muito fácil para mim, admito. Não tenho problema nenhum em falar sobre isso. Foi até bom eu vir aqui nesta coletiva, porque às vezes as pessoas podem achar que ‘errou e ninguém fala nada’ ou ‘errou e está tudo bem’. Eu me cobro muito. Pode ter certeza que vou procurar não errar nada daqui para frente. Erros vão acontecer, mas é tentar minimizá-los o máximo que puder”, disse o jogador.

Na última terça-feira, Tchê Tchê foi desarmado na intermediária defensiva por Luis Sánchez, que fez o gol do América de Cáli-COL, no Mineirão, pela Copa Libertadores. No sábado, não conseguiu ter o domínio da bola num lance que terminou em pênalti para o Tombense e expulsão do goleiro Everson no triunfo sobre o Tombense, pela ida da semifinal do Campeonato Mineiro.
 
Emprestado pelo São Paulo até maio de 2022, Tchê Tchê foi anunciado como o novo reforço do Atlético no início de abril. Desde então, o meia vestiu a camisa alvinegra em cinco ocasiões e ainda não marcou nenhum. Ele foi titular em todas as partidas que disputou até aqui.   

Tags: cuca atleticomg interiormg futnacional comentaristas espn seriea tche tche esportenatv