Atlético

ATLÉTICO

Gallo analisa Cuca e Abel e planeja que treinador estreie pelo Atlético em clássico

Diretor comentou as possibilidades de mercado para a substituição

postado em 09/02/2018 13:18 / atualizado em 09/02/2018 20:14

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
A palavra-chave é paciência na definição do novo treinador. Apesar disso, a diretoria do Atlético trabalha para agilizar o processo de substituição do técnico Oswaldo de Oliveira, demitido na noite dessa quinta-feira. Segundo o diretor de futebol alvinegro, Alexandre Gallo, o clube planeja anunciar oficialmente o próximo comandante até esta terça-feira (13).

A ideia é que o treinador estreie no domingo (18), no clássico contra o América. A partida, marcada para 17h (de Brasília), será disputada no Independência, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. Neste sábado, diante da Caldense, o auxiliar Thiago Larghi - que chegou com Oswaldo e permanece no Atlético - comandará o time.

“Quanto mais cedo chegar um novo treinador… O Atlético, hoje, é um gigante do futebol brasileiro. Nós entendemos que todos os treinadores, hoje, sabem e conhecem os nossos jogadores, que estão disputando a Série A há bastante tempo. Acredito que até a terça-feira, sem dar prazos, sem atropelar, com muita calma, com muita conversa, nós vamos tentar até a terça-feira que já esteja um profissional aqui. Comece a trabalhar e tenha uma semana de trabalho já com jogadores conhecidos para, no final de semana, estejam aqui com a gente”, disse Alexandre Gallo, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na Cidade do Galo.

Opções

Inicialmente, o diretor alvinegro preferiu não dar muitos detalhes sobre qual pode ser o próximo treinador do Atlético. Gallo afirmou que já iniciou a avaliação e as conversas sobre a definição.

“Nós estamos começando a avaliar agora, conversando com nossa diretoria, doutor Lásaro (Cândido da Cunha, vice-presidente), Sérgio (Sette Câmara, presidente), Domênico (Bhering, diretor de futebol) participando. No melhor momento, vamos falar com vocês, quando já tiver alguma coisa pronta, encaminhada”, despistou.

Os dois nomes mais comentados - interna e externamente - são os de Abel Braga, do Fluminense, e do ídolo Cuca, sem clube. Questionado sobre essas possibilidades, Alexandre Gallo não entrou em detalhes, mas elogiou os experientes treinadores.

"São dois grandes nomes. São nomes vencedores no futebol brasileiro. O Atlético, hoje, é um gigante do futebol brasileiro e pensa grande. Nós pensamos em conquista este ano. Nem por isso a saída do Oswaldo não o credencia como um grande treinador que é, que estava aqui até agora. São dois bons nomes, como hoje o mercado nos oferece. Dentro dessa ciranda toda, agora estamos começamos a tomar pé. Vamos tentar resolver o mais rápido possível", concluiu.

Durante a entrevista, Gallo deu outras pistas. Segundo o diretor, a ideia é que o novo treinador tenha histórico de montagem de times que se assemelham com as características idealizadas para o Atlético de 2018: uma equipe rápida, intensa e de velocidade.

Tags: atleticomg nacional seriea