Atlético

COPA LIBERTADORES

Classificação da Seleção Sub-20 tira Emerson de jogo do Atlético na Libertadores

Brasil está no hexagonal final, e lateral só volta após 10 de fevereiro

postado em 25/01/2019 21:51 / atualizado em 25/01/2019 22:21

AFP / CLAUDIO REYES
O Atlético perdeu um titular para o primeiro confronto da fase preliminar da Copa Libertadores. No dia 5 de fevereiro, o Galo vai a Montevidéu encarar o Danubio no Estádio Jardins del Hipódromo sem o lateral-direito Emerson. Ele está em disputa do Sul-Americano Sub-20, no Chile, e a classificação da Seleção Brasileira para o hexagonal final, nesta sexta-feira, o tirou da viagem ao Uruguai. 

O Brasil se classificou ao bater a Bolívia por 1 a 0, com gol de Lincoln, em Rancagua. Titular da Seleção Sub-20, Emerson estará em ação na competição no Chile até o dia 10 de fevereiro, quando o hexagonal final chegará ao fim. Ele deve se apresentar ao Atlético na véspera do segundo e decisivo duelo contra o Danubio, em 12 do próximo mês, no Independência. 

Para manter a chance de entrar na fase de grupos da Libertadores, o Atlético precisa eliminar o Danubio e seguir para a etapa seguinte. Se passar pelo time uruguaio, o Galo pode ter como adversário Barcelona-EQU, Defensor-URU ou Bolívar. 

Sem Emerson, o técnico Levir Culpi tem à disposição Patric, que começou a temporada como titular, e Guga, contratado ao Avaí, como opções para a lateral direita, visando ao primeiro duelo contra o Danubio. Outro jogador da posição é Carlos César, que retornou após empréstimo ao Coritiba em 2018.

Papagaio

O Atlético aguarda o desfecho do Sul-Americano Sub-20 para apresentar o atacante Papagaio, emprestado pelo Palmeiras até o fim desta temporada. O jogador de 19 anos sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo na derrota brasileira diante do Chile, na quarta-feira passada, e não foi a campo contra os bolivianos. Os exames a que ele foi submetido, no entanto, descartaram problema mais grave no local da lesão.

Tags: Sul-Americano Sub-20 atlético galo emerson libertadores2019 lateral danubio selefut futinternacional