Atlético

ATLÉTICO

Vinicius marca primeiro gol pelo Atlético, faz dancinha e sonha alto: 'Quero fazer história'

Meia marcou o segundo da vitória sobre o Tupi, neste sábado, no Independência

postado em 16/02/2019 22:14 / atualizado em 16/02/2019 22:18

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

Sem grande destaque nas duas primeiras partidas pelo Atlético, Vinicius foi um dos principais nomes da vitória por 2 a 0 sobre o Tupi, neste sábado. Na terceira apresentação pelo novo clube, o meia de 27 anos foi participativo e fez o primeiro gol com a camisa alvinegra no triunfo no Independência, que colocou o time provisoriamente na primeira posição do Campeonato Mineiro após sete jogos.

Para que o Atlético continue na ponta ao fim da rodada, é preciso que o confronto entre América e Cruzeiro termine empatado. Os rivais se enfrentam neste domingo, a partir das 17h, no Independência. Qualquer resultado diferente da igualdade faz com que a equipe alvinegra caia para a segunda colocação.

“A gente está muito feliz por estar cumprindo nossas metas. É claro que amanhã tem o jogo (entre América e Cruzeiro). Não vou mentir que vou torcer para dar empate, é óbvio, para a gente ficar na liderança. Mas independentemente de quem ganhar, a gente vai buscar sempre a liderança”, disse Vinicius, que comemorou a oportunidade de atuar neste sábado, ainda que num time considerado reserva. Os titulares estão focados no duelo da próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

“É uma grande oportunidade. É o que o Levir (Culpi, treinador) deixa sempre bem claro, que essas oportunidades podem fazer ele ter a dor de cabeça na hora de montar o time. Nós, os jogadores que estamos chegando, estamos procurando nosso espaço. Mas é sempre respeitando os companheiros. O Atlético só tem a ganhar”, continuou.

‘Quero fazer história’


Assim como foi na entrevista coletiva de apresentação, Vinicius repetiu que quer entrar para a história do Atlético. “Sou um jogador que por onde passo quero fazer história. História se faz com título. Independentemente de ser Campeonato Mineiro ou qualquer outro, a gente vai procurar dar sempre o melhor e buscar sempre as vitórias para estar lá em cima”, disse.

Para fazer história, Vinicius sabe: precisar jogar muita bola e, é claro, dançar. Sim, isso mesmo. Assim como era nos tempos do Bahia - clube que defendeu até o fim de 2018 -, o meia comemorou o gol neste sábado com uma dancinha.

“É uma marca registrada que ficou no Bahia. Espero levar para a minha carreira. Espero que aqui também a torcida do Atlético goste. A dancinha é sinônimo de gol. Então, tenho certeza que eu dançando eles vão gostar, porque vou estar fazendo gol”, completou.

O Atlético agora concentra totalmente as atenções na partida desta quarta-feira, pela ida da terceira fase da Copa Libertadores. A partir das 21h30, o time alvinegro visita o Defensor, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, capital do Uruguai. A partida de volta será em 27 de fevereiro (quarta-feira), também às 21h30, em Belo Horizonte.

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo vinicius