None
Atlético

ATLÉTICO

Ponte desmente ter recebido 'só' R$ 400 mil por venda de Emerson do Atlético ao Barça

Lateral-direito de 20 anos foi negociado no dia 31 de janeiro

postado em 18/02/2019 13:14 / atualizado em 18/02/2019 13:44

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
Em nota oficial divulgada nesta segunda-feira, a Ponte Preta informou que o valor recebido pela venda do lateral-direito Emerson foi ‘muito superior’ a R$ 400 mil. Revelado pela Macaca, o jogador de 20 anos foi negociado pelo Atlético com o Barcelona por 12,1 milhões de euros (R$ 50,8 milhões na cotação da época), no fim do mês passado. 

”Circula matéria em veículos de comunicação na Internet e em redes sociais dando conta que a Ponte vai receber R$ 400 mil na negociação do atleta Emerson, um valor que não procede. Conforme a Macaca vem divulgando desde o início, por questões de sigilo contratual não é possível para a Ponte divulgar neste momento o montante – que obrigatoriamente, por lei, irá figurar no balanço do time. Contudo, apenas para aplacar boatarias e afirmações feitas por pessoas que não estão envolvidas no negócio e portanto não poderiam nem podem falar pela instituição, informamos que o valor é  muito superior ao que foi divulgado erroneamente”, lê-se na nota.

Em 31 de janeiro, o Atlético anunciou a transferência de Emerson. O clube alvinegro tem direito a receber 62,5% do valor, que totaliza aproximadamente 7,5 milhões de euros (R$ 31,7 milhões). Desse montante, até 100 mil euros (R$ 423 mil na cotação atual) serão repassados à Ponte Preta, a depender do desempenho do lateral no Barcelona.

“Envolveu uma série de tratativas. Dos parceiros e do Atlético. Não vamos especificar essas tratativas. Do Atlético, cumpridas condições, que podem ocorrer ou não, pagaria em torno de 100 mil euros. Outros parceiros entraram com outras partes”, declarou ao Superesportes o vice-presidente atleticano, Lásaro Cândido da Cunha. A Ponte receberá mais que os eventuais 100 mil euros, já que também ficará com valores negociados com a TFM Agency, que detinha 37,5% dos direitos econômicos do atleta.

Bônus ao Atlético

A venda de Emerson ao Barcelona pode render mais dinheiro ao Atlético além do valor divulgado no momento em que a negociação foi concretizada. Se o lateral-direito cumprir uma meta de número de jogos na equipe catalã, o clube alvinegro receberá um bônus, conforme prevê o contrato firmado pelas diretorias.

“O Atlético fez uma grande venda e ainda tem alguns bônus a receber no caso de realização de alguns sucessos. Há no contrato um plus remuneratório ao Atlético no caso de o Emerson jogar determinadas partidas pelo clube (Barcelona)”, disse Lásaro.

A venda

A princípio, Emerson vestirá a camisa do Betis por empréstimo até o fim da atual temporada europeia, para depois ficar à disposição do Barcelona. Em 2019, o defensor não chegou a atuar pelo Atlético, pois estava a serviço da Seleção Brasileira Sub-20, que terminou em penúltimo lugar no hexagonal final do Sul-Americano da categoria e não conseguiu a classificação para o Mundial. Ele foi titular da equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu e foi negociado durante a competição no Chile.

A venda de Emerson é a segunda maior da história do Atlético. Apenas a transferência de Bernard ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, rendeu mais aos cofres alvinegros. O meia-atacante, à época com 20 anos, foi negociado por 25 milhões de euros (cerca de R$ 77 milhões na cotação da época).
 
Emerson chegou ao Atlético em abril de 2018, numa negociação que envolveu uma compensação financeira e a ida do lateral-esquerdo Danilo para a Ponte Preta por empréstimo. O lateral-direito fez 23 jogos com a camisa do Galo, com um gol e uma assistência. 

Tags: ponte preta atlético betis barcelona emerson venda pontepretasp mercadobola galo interiormg futnaciona futinternacional