Atlético

ATLÉTICO

Torcedores pedem que Adilson entre no minuto final para completar 100 jogos pelo Atlético

Volante se aposentou dos gramados por um problema cardíaco

postado em 12/07/2019 16:36 / atualizado em 12/07/2019 17:00

<i>(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)</i>
Diagnosticado com cardiomiopatia hipertrófica - problema cardíaco que poderia gerar arritmia cardíaca e, eventualmente, morte súbita -, o volante Adilson anunciou, na tarde desta sexta-feira, aposentadoria do futebol. Nas redes sociais, torcedores do Atlético agradeceram o agora ex-jogador de 32 anos e sugeriram que ele entre em campo uma última vez com a camisa alvinegra.


O motivo? Entre 2017 e 2019 - período em que defendeu o Atlético -, Adilson somou 99 partidas. Seria, portanto, o 100º jogo do volante com a camisa alvinegra. A ideia dos torcedores é que ele saísse do banco de reservas no minuto final, para evitar qualquer tipo de risco, e recebesse homenagens dos atleticanos.

A ideia partiu de um perfil que se intitula “Chico Bento”, em alusão à personagem de quadrinhos da Turma da Mônica, criada por Maurício de Sousa. “Faça uma homenagem justa, nem que ele entre em campo só um minuto para dar 100 jogos pelo Galo”, lê-se na mensagem, postada como resposta a uma publicação do Atlético no Twitter.


Até o momento de publicação deste texto, a sugestão havia sido compartilhada 32 vezes e curtida outras 251. “Atlético, fica a dica”, respondeu um torcedor. “Eu ia escrever a mesma coisa, mas vou só compartilhar agora. Concordo plenamente”, publicou um outro.

Adilson tem contrato com o Atlético até o fim de 2020. Ele seguirá no clube. A função, entretanto, ainda não foi definida.

Ele chegou ao clube em março de 2017, depois de passagem pelo Terek Grozny, da Rússia. O camisa 21 marcou dois gols com a camisa alvinegra. Como atleticano, o agora ex-volante conquistou o Campeonato Mineiro de 2017.

Natural de Bom Princípio, no Rio Grande do Sul, Adilson começou a carreira no Grêmio, onde fez sua estreia como profissional em 2007. No Tricolor, conquistou os Campeonatos Gaúchos de 2007 e 2010, disputando 165 partidas.

Em 2011, Adilson foi negociado com o Terek Grozny. No clube russo, que defendeu até 2017, o volante atuou 101 vezes.

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo adilson