Atlético

ATLÉTICO

Rodrigo Santana faz mistério, mas admite mudar escalação do Atlético para jogo com Cruzeiro

Treinador gostou do desempenho da equipe reserva na virada sobre a Chapecoense

postado em 15/07/2019 07:00 / atualizado em 14/07/2019 23:31

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>
O desempenho do time alternativo do Atlético na vitória de virada por 2 a 1 sobre a Chapecoense, nesse domingo, fez o técnico Rodrigo Santana repensar a estratégia para o jogo desta quarta-feira contra o Cruzeiro, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. O comandante admitiu a possibilidade de alterações na formação considerada titular, com eventuais entradas de jogadores que atuaram na Arena Condá, em Chapecó, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.


“Pode ter certeza que quem foi muito bem aqui (em Chapecó) e se tiver condições de jogo para 90 minutos na quarta-feira, a gente vai pensar com carinho para entrar com força máxima”, disse.

Os jogadores titulares - que atuaram na derrota para o Cruzeiro por 3 a 0 no jogo de ida - nem viajaram a Chapecó e ficaram em Belo Horizonte para descanso e treinamentos. Nesta segunda, o elenco se reencontra na Cidade do Galo. E aí Rodrigo Santana começa a definir a estratégia para o clássico.

Sabe-se, porém, que mudanças são inevitáveis - de jogadores ou de estratégia. “Não posso trabalhar aí normalmente, fazer alguma coisa simples, e procurar um resultado diferente”, disse Rodrigo Santana.

Para o treinador, além das questões táticas e técnicas, a condição física dos atletas será fundamental no processo de decisão do time titular. Afinal, o jogo exigirá muito do Atlético, que precisa vencer por pelo menos quatro gols de diferença para avançar sem depender da disputa de pênaltis. Triunfo por três de diferença leva a decisão para as penalidades.

“A gente vai procurar recuperar dessa viagem, que é desgastante, ver como eles estão, os que ficaram em BH, e procurar fazer uma mescla ou ir com o mesmo time. Mas que todos estejam acreditando. O importante é acreditar. Vai ser difícil? Vai ser muito difícil. Mas, enquanto a gente tiver as oportunidades e o árbitro não terminar, a gente não vai desistir de procurar reverter essa situação”, despistou Rodrigo Santana.

Nomes como Iago Maidana, Vinicius e Otero se destacaram na virada em Chapecó. Atlético e Cruzeiro se enfrentam a partir das 19h15 desta quarta-feira, no Independência.

Compare os times titulares das duas últimas partidas do Atlético:

Cruzeiro 3 x 0 Atlético: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison; Chará, Elias, Luan e Cazares; Alerrandro - Time titular

Chapecoense 1 x 2 Atlético: Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Iago Maidana e Lucas Hernández; Ramón Martínez e Jair; Geuvânio, Vinicius e Otero; Ricardo Oliveira - Time alternativo

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo