Atlético

ATLÉTICO

'Sentimento dos jogadores é de ódio mortal', diz Rodrigo Santana a organizada do Atlético antes de clássico contra Cruzeiro

Técnico se referia à eliminação alvinegra para o maior rival na Copa do Brasil

postado em 02/08/2019 17:00 / atualizado em 02/08/2019 20:21

<i>(Foto: Reprodução/Twitter)</i>
Integrantes da Galoucura, torcida organizada do Atlético, se encontraram com jogadores e o técnico Rodrigo Santana na entrada da Cidade do Galo na tarde desta sexta-feira, antevéspera do clássico contra o Cruzeiro. Durante a conversa, o treinador afirmou que o sentimento dos atletas é de “ódio mortal” após a eliminação alvinegra para o maior rival nas quartas de final da Copa do Brasil.

“Pelo que estou sabendo, eles devem vir com o time titular. O bicho está pegando do outro lado. O sentimento dos jogadores aqui é de ódio mortal. Naquele jogo que a gente ganhou de 2 a 0 aqui, os caras entraram... Tinha 'nego' que chorava no vestiário”, disse o treinador, em vídeo que circula nas redes sociais. A declaração foi publicada nas redes sociais por um torcedor que participava da conversa.

Em seguida, um torcedor apoiou a declaração de Rodrigo Santana: “É isso que a gente quer. É só isso que a gente quer, é essa vontade, esse desejo mesmo, entendeu. Essa entrega”, disse. Um outro complementou: “Passa uma mensagem para os caras, igual o Ricardo Oliveira, a gente sabe que o cara está trabalhando, sabe que é um cara de grupo e tudo, que não está conseguindo fazer os gols, mas pode falar com que ele que nós estamos apoiando, entendeu, que uma hora vai dar certo, e se Deus quiser vai ser domingo”.

O zagueiro Réver e o lateral-direito Patric também conversaram com o grupo. Durante a conversa com Patric, um torcedor avisou: "Todo clássico para a gente é para dar a vida, entendeu? Vocês fazem o papel de vocês dentro do campo, a gente faz o nosso na arquibancada. A gente veio para dar uma força mesmo, para não dar mole para os caras. Para a gente não precisa ganhar de ninguém, mas perder para esses caras a gente não aceita não. Você é um cara que é liderança e mostra vontade dentro de campo, a gente só quer isso mesmo dos jogadores, entendeu?", disse.

Patric concordou e afirmou que repassaria a mensagem aos companheiros: "Vou dar um toque nos caras. Acho que fui um dos primeiros a chegar (ao CT)". Em seguida, outro torcedor afirmou: "A gente sabe está aqui cobrando porque a gente sabe que o time tem qualidade. A gente está aqui para os caras não entrarem de novo desligados. É para 'amassar' os caras".

Atlético e Cruzeiro se enfrentam a partir das 19h deste domingo, no Independência. A partida vale pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Será o primeiro clássico desde a eliminação alvinegra para o maior rival na Copa do Brasil.

Na partida de ida do mata-mata nacional, o Cruzeiro venceu por 3 a 0, no Mineirão. Na volta, no Independência, o Atlético fez 2 a 0 e não conseguiu avançar.

TRECHO DA CONVERSA DE RODRIGO SANTANA COM TORCEDORES:

Torcedor 1
A gente veio trazer aqui a nossa vontade e nosso apoio.

Torcedor 2
A gente tem que aproveitar também esse momento que os caras lá tá passando, entendeu? (sic) Aproveitar, ir pra cima deles, entendeu? Crescer em cima dessa oportunidade.

Rodrigo Santana
A gente, porra,  (trecho inaudível), e a gente acabou entregando aqueles gols. Não sei que porra que deu nos caras (mais um trecho inaudível). Pelo que estou sabendo, eles devem vir com o time titular. O bicho está pegando do outro lado. O sentimento dos jogadores aqui é de ódio mortal. Naquele jogo que a gente ganhou de 2 a 0 aqui, os caras entraram...Tinha nêgo que chorava no vestiário.

Torcedores
É isso que a gente quer. É só isso que a gente quer, é essa vontade, esse desejo mesmo, entendeu. Essa entrega. 

Rodrigo Santana
Estamos mordidos também. Tamo mordido. Tamo mordido também. Podem ter certeza disso. 

Torcedor
Passa lá, entendeu? Passa uma mensagem para os caras, igual o Ricardo Oliveira, a gente sabe que o cara está trabalhando, sabe que é um cara de grupo e tudo, que não está conseguindo fazer os gols, mas pode falar com que ele que nós estamos apoiando, entendeu, que uma hora vai dar certo, e se Deus quiser vai ser domingo.

Tags: atleticog interiormg futnacional seriea galo cruzeiro cruzeiroec