Atlético

ATLÉTICO

Projeto sobre estádio do Atlético fica para outubro na Câmara

Sessão desta quinta-feira durou menos de cinco minutos

postado em 12/09/2019 15:31 / atualizado em 12/09/2019 19:21

<i>(Foto: Divulgação)</i>
Sem acordo entre os vereadores sobre um projeto chamado "Escola sem partido" e com obstrução de parlamentares, o projeto que trata da desafetação do terreno onde será construído a Arena MRV, o estádio do Atlético, ficou para ser votado em outubro.

Vereadores da base de governo anunciaram que uma decisão do Copam suspendeu a liberação do estádio. No entanto, outros parlamentares dizem que o fato não impediria a votação na Casa. O projeto que libera a Arena MRV poderia ter sido votado independentemente da decisão do conselho.

A sessão desta quinta-feira durou menos de cinco minutos. Sem quórum mínimo de 21 vereadores, a reunião foi encerrada. 

Na pauta desta sexta-feira estava prevista a votação que pode abrir o processo de cassação do vereador Flávio dos Santos. Não devem ser votados outros projetos. Dessa forma, a votação em segundo turno do estádio do Galo ficará para outubro.

Na terça-feira, o projeto da arena foi aprovado em unanimidade em primeiro turno, com 38 votos.

Diferentemente das últimas sessões, em que as galerias da Câmara ficaram lotadas com integrantes de torcidas organizadas do Atlético, na reunião desta quinta-feira não houve presença de torcedores.
 

Reunião extraordinária no Copam

 
No Copam, discussões relacionadas ao projeto estão marcadas para continuar no próximo mês. No órgão, foi feito um pedido de vistas do processo. Em 2 de outubro, será realizada uma reunião extraordinária na Unidade Regional Colegiada (URC) Central Metropolitana a pedido da conselheira Vivianne Alves da Costa, representante da Associação para Proteção Ambiental do Vale do Mutuca - Pró-Mutuca.  

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo