Atlético

ATLÉTICO

Jair tem nova lesão na coxa direita detectada e vira desfalque no Atlético

Após período no departamento médico, volante retornou contra o Colón, mas voltou a sentir o problema e precisou ser substituído no intervalo

postado em 28/09/2019 10:58 / atualizado em 28/09/2019 11:14

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>

O volante Jair teve constatado um estiramento muscular na parte posterior da coxa direita. A lesão, sofrida nos instantes finais do primeiro tempo do duelo contra o Colón, no Mineirão, faz o camisa 88 voltar a ser desfalque do Atlético. O departamento médico do Galo, como de costume, não estipula prazo para o retorno do atleta.

No último dia 8, durante a derrota por 2 a 1 para o Botafogo, Jair precisou ser substituído por conta de uma contusão no mesmo local. O problema fez o jogador ficar afastado do time por dezoito dias.

Jair já iniciou fisioterapia para tratar a nova lesão. Após a derrota nos pênaltis para os argentinos, ele classificou o retorno antecipado como um "risco calculado".

“Claro que eu estava recuperado, mas foi um risco que eu sabia que eu poderia correr. Antecipei a minha volta para poder ajudar o time, poder participar. Os meus companheiros precisavam de mim. Mas é aquilo, é o risco que eu sabia que tinha. Infelizmente eu me machuquei, mas estou triste pela eliminação. Acredito que agora a gente tem que unir forças, se unir ainda mais para dar a volta por cima”, admitiu.

Segundo o volante, a recuperação do problema precisa ser feita da melhor forma possível para evitar novos riscos."Agora vou ter que ficar o tempo que tem que ficar. Não sei quanto tempo vou ficar (de fora), mas se forem quatro ou cinco semanas eu vou ter que recuperar bem, o que é importante para isso não acontecer de novo. Foi um risco que eu sabia que poderia acontecer. É recuperar e voltar bem”. 

Mudança 'forçada'

Zé Welison substituiu Jair para o segundo tempo do duelo de quinta-feira. Ele é o favorito para ocupar a "cabeça de área" atleticana na partida contra o Ceará, às 19h deste domingo, pela 22° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Se quiser escalar uma equipe mais ofensiva, Rodrigo Santana pode optar por Nathan. Armador de origem, ele já chegou a atuar como volante sob o comando do treinador.

Reserva imediato de Jair, o volante Ramón Martínez também está entregue ao departamento médico. O camisa 5 sofreu uma fratura no nariz no revés por 1 a 0 para o Avaí. Ele passou por cirurgia e deve ficar afastado por cerca de 15 dias.

Tags: ze welison nathan martinez jair seriea futnacional cearace atlético