Atlético

ATLÉTICO

Zagueiro Igor Rabello, do Atlético, vê erro da arbitragem em pênalti marcado para o Ceará

Lance foi confirmado após orientação do VAR ao árbitro Paulo Roberto Alves

postado em 29/09/2019 23:45 / atualizado em 30/09/2019 02:10

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)</i>
O zagueiro Igor Rabello, do Atlético, afirmou que a arbitragem se equivocou ao assinalar pênalti dele no atacante Felippe Cardoso, do Ceará, em duelo neste domingo, no Independência pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo o defensor do Galo, o chute errado do adversário, que bateu com o pé de apoio na bola antes do choque, induziu o árbitro de vídeo, Carlos Eduardo Nunes Braga, a corroborar com a marcação de Paulo Roberto Alves Júnior.

Ao comentar o lance contra o Ceará, Rabello se recordou de outra penalidade, na derrota por 2 a 1 para o Botafogo, em 8 de setembro, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Na ocasião, a bola em cobrança de falta de Gilson tocou no braço direito do zagueiro atleticano. O árbitro Bráulio da Silva Machado, integrante do quadro da Fifa, interpretou como infração e ainda mostrou ao atleta o segundo cartão amarelo.

“É a arbitragem, não tem jeito. Estava falando com eles que a situação é meio complicada para mim já. Não é a primeira vez um lance assim. Contra o Botafogo, falei para eles que o braço estava colado, não tem como pular na barreira sem mexer o corpo”, explicou Igor, entrando, em seguida, nos detalhes da jogada deste domingo.

“E o lance aqui eu dou o carrinho em direção ao gol. Não dou o carrinho em direção ao atleta. Se ele chuta certo, a bola bate em mim, vai para escanteio e não acontece nada. Como ele erra o chute e bate com a direita, a perna que ele não ia chutar, me chuta com a perna esquerda. O árbitro achou que foi pênalti, disse que foi unânime no VAR, não sei, não tem como dizer isso. A meu ver, não foi pênalti. Muita gente que analisou também não achou pênalti”.

O pênalti de Igor Rabello foi convertido pelo Ceará com o meia Thiago Galhardo. Mas o Atlético reagiu e virou no segundo tempo, gols de Otero e Luan. Com a vitória por 2 a 1, a equipe de Rodrigo Santana quebrou sequência de seis derrotas no Brasileiro e chegou a 30 pontos, em 10º lugar. Na quarta-feira, às 19h15, no Independência, o Galo enfrentará o Vasco, em jogo atrasado da 21ª rodada.

Tags: Igor Rabello futnacional interiormg seriea atlético botafogo