Atlético

ATLÉTICO

Santana explica reunião com diretoria do Atlético e elogia Sette Câmara: 'Muito melhor do que eu imaginava'

Treinador diz que presidente passa tranquilidade para time dar volta por cima

postado em 04/10/2019 17:00 / atualizado em 04/10/2019 17:17

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)</i>
Depois da derrota para o Vasco, por 2 a 1, na última quarta-feira, o técnico Rodrigo Santana teve uma longa reunião com a diretoria do Atlético no vestiário do Independência. Participaram o presidente Sérgio Sette Câmara e o diretor de futebol Rui Costa. De acordo com o treinador, o procedimento é normal no clube, mas a situação ganhou destaque por causa da fase ruim da equipe na temporada. 

“Na grande maioria dos jogos que a gente teve aqui, o presidente ficou com a gente no vestiário, com toda a comissão técnica, com toda a diretoria. Mas aí o resultado era positivo e ninguém percebia. Quando não chega o resultado, e o presidente continua reunido com a gente, cria-se essa expectativa, que é natural no futebol brasileiro. 'Ah, está reunido, é para trocar treinador, trocar comissão (técnica) ou algo parecido'”, disse o treinador.


Apesar de rumores de que a diretoria esteja pressionando Rodrigo Santana por melhores resultados, o treinador se mostra tranquilo. O comandante afirma que o presidente Sérgio Sette Câmara é quem mais tem dado apoio para que a equipe dê a volta por cima na temporada.

“Mas o presidente, nesse momento tão difícil, é quem nos vem passando mais confiança, pedindo serenidade, para levantar o grupo, porque a gente tem que sair dessa situação. Só nós mesmos para nos unir nesse momento difícil, para conseguir sair dessa situação. A confiança parte dele. Ele nos dá essa confiança para trabalhar. Sempre falei muito bem do presidente Sette Câmara. Nesse momento difícil, ele está se mostrando ser um homem muito melhor do que eu imaginava. Isso é muito difícil acontecer no futebol brasileiro. Outros clubes poderiam ter demitido treinador. Outros treinadores poderiam ter pegado o boné e ir embora”, completou.

Rodrigo Santana vive no Atlético sua primeira experiência em um grande clube do futebol brasileiro. Semanalmente, o treinador relata os aprendizados vividos na Cidade do Galo. A expectativa do técnico é de que a equipe melhore para que ele possa retribuir a confiança depositada em seu trabalho.

“A gente está procurando unir nossas forças, procurando fazer o melhor. Eu sempre deixo a diretoria muito à vontade para tomar a atitude que quiser, desde o momento em que eu estava aqui como interino. Sempre tive muita confiança da diretoria. Não posso desperdiçar essa confiança que a diretoria dá. Cada dia, tenho que trabalhar mais, estudar mais o adversário, conscientizar mais este grupo, porque eu preciso fazer valer a pena toda essa confiança que o presidente me dá”, concluiu.

Nos últimos oito jogos no Campeonato Brasileiro, o Galo perdeu sete e ganhou um. A série de resultados negativos tem gerado protestos da torcida na sede do clube e no Independência. Há forte cobrança principalmente sobre jogadores.

O Atlético tenta reabilitação no Brasileiro no próximo domingo. O Galo visita o vice-líder Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 23ª rodada.

Tags: atleticomg interiormg futnacional seriea galo