Atlético

ATLÉTICO

Sampaoli elogia Nathan, Keno e postura do Atlético em virada sobre Atlético-GO

Entrada de Nathan no segundo tempo e desempenho de Keno foram fundamentais para vitória alvinegra fora de casa

postado em 20/09/2020 00:01 / atualizado em 20/09/2020 14:17

(Foto: Pedro Souza/Atlético)

A virada do Atlético sobre o Atlético-GO, por 4 a 3, na noite deste sábado, em Goiânia, teve dois personagens fundamentais. O atacante Keno, autor de três gols, e o armador Nathan, que entrou na etapa complementar, ditaram o ritmo alvinegro no segundo tempo, quando o Galo balançou as redes quatro vezes e atingiu o objetivo de chegar à liderança do Campeonato Brasileiro.


 
O técnico Jorge Sampaoli comentou a atuação dos dois atletas depois do jogo. O treinador disse que Keno está mais habituado à equipe e, por esse motivo, vem crescendo progressivamente de rendimento nos jogos.

“É um jogador que precisamos que ele esteja bem, que esteja à altura para nos ajudar. Ele nos ajudou a ganhar três pontos. Esperamos que ele siga desta forma”, afirmou o comandante.
 
 

Keno chegou aos cinco gols pelo Atlético em 2020, assumindo a artilharia ao lado de Nathan, que também deixou sua marca contra o Dragão. Sampaoli disse que o camisa 23 foi o diferencial para que a equipe reagisse na partida.

Recentemente, o jogador havia se recuperado de lesão no bíceps femoral da coxa esquerda e desfalcou o Galo por um mês. “Nathan teve muito a ver com a mudança no segundo tempo. Foi um jogador que apareceu bem de trás, fez um gol, foi um jogador muito importante, mesmo sem estar 100%”, afirmou Sampaoli.

O técnico alvinegro comentou sobre a mudança tática que fez no segundo tempo em Goiânia: “Modificamos a estrutura, já que no primeiro tempo não havia funcionado. Tentamos corrigir um pouco no setor direito, onde eles atacavam bastante com altura. Mudamos o sistema para ter mais volume de ataque, em vez de 3-2-5, o 3-1-6. Temos a possibilidade de acertar ou não”.

(Foto: Pedro Souza/Atlético)

 
Ele lamentou que a equipe tenha sido inferior ao adversário na etapa inicial, mas valorizou o empenho no segundo tempo: “Começamos mal, com pouca precisão do controle de jogo nos primeiros 20 minutos. O rival nos dominou, impôs pressão e encontrou um gol. Depois, tentamos pressionar nos últimos 15 a 20 minutos, Tivemos chances para fazer o gol. Fizemos um, mas estávamos supostamente impedidos. No segundo tempo, tivemos maior volume de ataque. Uma equipe muito mais curta, gerando muitas chances, com quatro gols. O segundo tempo foi muito superior ao primeiro”. 

O Atlético volta a campo no próximo sábado, diante do Grêmio, às 21h, no Mineirão, para defender a liderança. Sampaoli não perdeu jogadores por suspensão ou lesão.

Leia também: 

Tags: jogo Atlético-GO Atlético Série A virada segundo tempo Goiânia Sampaoli Keno Nathan