Atlético

ATLÉTICO

Atlético precisa melhorar como visitante para sonho do título não escapar mais uma vez

Nos últimos anos, Galo teve campanhas promissoras, mas rendimento fora de seus domínios deixou a desejar

postado em 20/10/2020 06:30 / atualizado em 20/10/2020 10:20

(Foto: Felipe Oliveira/Bahia)

O Atlético sonha em conquistar o título do Campeonato Brasileiro para findar jejum de 49 anos sem levantar a taça. Para isso, precisará melhorar seu ‘ponto fraco’ em anos anteriores: a campanha como visitante. Na atual competição, o alvinegro soma três vitórias e cinco derrotas.

O Galo bateu Flamengo (1 a 0), Coritiba (1 a 0) e Atlético-GO (4 a 3) fora de casa. As derrotas foram para Botafogo (2 a 1), Internacional (1 a 0), Santos (3 a 1), Fortaleza (2 a 1) e Bahia (3 a 1). Destes jogos, apenas contra a equipe gaúcha o time de Jorge Sampaoli não desperdiçou várias chances claras para vencer.

E o Atlético sabe bem o que é lutar pelo título nos pontos corridos, mas ver a taça ‘escapar pelos dedos’ em função dos números ruins como visitante. As provas são os anos de 2012, 2015 e 2016.


2012


Em 2012, o Galo liderou a primeira metade do campeonato, mas caiu de rendimento no returno. Se naquele ano o Atlético terminou a campanha como mandante invicto (14 vitórias e cinco empates), foi apenas o quarto melhor visitante (seis vitórias, sete empates e seis derrotas - 25 pontos somados). 

Campeão naquela temporada, o Fluminense foi o melhor visitante, com 39 pontos conquistados (11 vitórias, seis empates e duas derrotas). 

A diferença final na classificação foi de cinco pontos, o que mostra como o Atlético deixou escapar a chance de título pelos tropeços fora de Belo Horizonte.

2015

Foi um dos melhores anos do Atlético como visitante. O Galo fez 28 pontos (oito vitórias, quatro empates e sete derrotas). O Corinthians, campeão, fez três pontos a mais. O problema em 2015 foi a reta final, com três derrotas, um empate (contra o lanterna Joinville) e apenas duas vitórias, enquanto o time paulista fez boa campanha até as últimas partidas, quando já havia conquistado o título.

Outros times da parte de baixo da tabela também tiraram pontos do Atlético, como o rebaixado Goiás e a Chapecoense, que terminou na 14ª posição. 

2016


Ano em que o Atlético o Brasileiro na quarta posição. Apesar de ter ficado bem atrás do campeão Palmeiras (80 a 62), o alvinegro lutou pela taça até a reta final da competição. E, mais uma vez, pesou a campanha como visitante.

Antes das últimas três partidas como mandante, o Galo tinha a melhor campanha em casa (terminou com a quarta melhor). Já como visitante, o time alvinegro foi apenas o oitavo, com 20 pontos (quatro vitórias, oito empates e sete derrotas).

Os três times que terminaram à frente do Galo na competição foram bem superiores longe de seus domínios: Palmeiras (34 pontos), Flamengo (30 pontos) e Santos (24 pontos). 

Tags: galo atlético interiormg seriea