Atlético

ATLÉTICO

Sasha reforça Atlético na luta por título e prevê riscos contra ameaçados

Nos últimos seis jogos, Galo encara quatro times da parte de baixo da tabela

postado em 27/01/2021 10:23 / atualizado em 27/01/2021 13:12

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
A vitória por 2 a 0 sobre o Santos, nessa terça-feira, no Mineirão, reacendeu a motivação do Atlético na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou a equipe alvinegra na terceira colocação da tabela, com 57 pontos, a cinco de distância do líder Internacional. Titular no jogo contra o Peixe, o atacante Eduardo Sasha destacou a importância do triunfo, apontou a imprevisibilidade na reta final da competição e colocou o Galo no páreo pela taça. 



“Com certeza, foi um grande jogo que fizemos. Precisávamos vencer para saber nossa realidade. Estamos na briga. Cinco pontos de diferença em seis jogos é possível. Temos de manter o foco e levar cada jogo como uma final. A gente viu como o campeonato deu uma virada nessas últimas rodadas. Muita coisa pode acontecer. Talvez o Inter possa voltar a ter derrotas. O campeonato é difícil, e está todo mundo meio junto. É manter o foco e a concentração, pois não há nada perdido”, afirmou o camisa 18, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, na Cidade do Galo


Na próxima rodada do Brasileiro, o Atlético encara o Fortaleza, neste domingo, às 17h, no Mineirão, pela 33ª rodada. O time cearense está em 16º lugar, com 35 pontos, três acima do Bahia, time que abre o Z4. Dos cinco compromissos seguintes do Galo na Série A, outros três adversários tentam escapar rebaixamento: Goiás (18º), Bahia (17º) e Sport (15º). O time também enfrentará Fluminense (7º)  e Palmeiras (5º), que lutam pelo G6. 



Sasha, no entanto, não acredita que a sequência contra equipes ameaçadas seja um trunfo para o Atlético na disputa pelo título. O atacante cobrou foco e atenção para o time não ser surpreendido. 

“O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Muita gente pensa que enfrentar time da parte de baixo da tabela vai ser uma vitória garantida, mas não funciona bem assim. Temos de ter mais cuidado ainda. A maioria desses times vem fechado, recuado, jogando por uma bola, por uma falta perto da área. Temos de saber lidar com esse tipo de jogo, não fazer faltas bobas, cuidar dos contra-ataques, que, talvez, seja a principal rota de fuga deles. São esses pontos que precisamos acertar e melhorar para não sermos surpreendidos por esses times”, ressaltou. 





Tags: atlético sasha interiormg seriea