Atlético

ATLÉTICO

Atlético: Alonso vê com bons olhos vacina da Conmebol e analisa o Tombense

Zagueiro paraguaio quer tomar o imunizante doado à Confederação Sul-Americana de Futebol

postado em 30/04/2021 10:00 / atualizado em 30/04/2021 15:02

(Foto: Pedro Souza / Atlético)


O zagueiro Junior Alonso, do Atlético, vê com bons olhos a possibilidade de tomar a vacina da farmacêutica chinesa Sinovac doada à Conmebol. A entidade máxima do futebol sul-americano quer imunizar jogadores, membros da comissão técnica e árbitros das principais competições do continente (Libertadores, Sul-Americana e Copa América).

"Creio que seria muito importante, temos o exemplo da MLS, dos jogadores que foram vacinados, estão todos jogando tranquilamente, sem nenhum problema, a população também. Então, se nós atletas temos a possibilidade de poder ter a vacina, seria muito bom, seguramente o governo se colocará em contato com a confederação para ver uma melhor situação. Pelo que vejo, a vacina já chegou na América do Sul, está no Uruguai, esperamos que possamos resolver isso o mais rápido possível para seguir competindo da melhor maneira", disse o zagueiro.



A Conmebol recebeu cerca de 50 mil vacinas, que foram enviadas a Montevidéu, no Uruguai, pela fabricante chinesa. Ainda não há definição sobre a vacinação. Se as doses doadas à Conmebol entrarem no Brasil, elas devem ser enviadas ao governo federal, como determina a lei.

No Brasil, o governo tem tido dificuldade para vacinar a população, pois comprou poucas doses. A maioria dos estados ainda aplica o imunizante em idosos. O Brasil é o país no mundo onde morrem mais pessoas pela COVID-19, com média de 2.526 vítimas nos últimos sete dias. Já são mais de 400 mil vidas perdidas pela doença.


Campeonato Mineiro


O Atlético se prepara para enfrentar o Tombense, neste sábado, às 16h30, no Independência, pela partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. Alonso lembrou que o time de Tombos sofreu apenas uma derrota em toda a competição, justamente para o Atlético. Na segunda rodada, o Galo fez 2 a 1 na equipe da Zona da Mata, em partida no estádio Antônio Guimarães de Almeida.

"Partida complicada, o rival teve um grande campeonato, perdeu apenas uma partida, que foi contra a gente. Nós jogamos a final contra eles no ano passado, temos a obrigação de jogar bem, de ganhar. Eles vão tentar fazer o mesmo, e buscamos um bom rendimento para chegar bem à partida da Copa Libertadores", disse o defensor.

Tags: galo alonso vacina imunização