Atlético

ATLÉTICO

Atlético: Hulk sonha com semifinal de Libertadores contra Boca na Bombonera

Atacante também ressaltou que disputar o torneio continental foi um dos fatores que o fizeram retornar ao Brasil após 17 anos

postado em 04/05/2021 11:05 / atualizado em 04/05/2021 23:50

(Foto: Pedro Souza/Atlético)

O atacante Hulk, do Atlético, revelou que tem o sonho de enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, na Bambonera, em uma eventual semifinal da Copa Libertadores. O jogador de 34 anos também ressaltou que a possibilidade de disputar o torneio continental foi um dos fatores que o fizeram retornar ao Brasil após 17 anos fora do país.

Hulk foi revelado pelo Vitória em 2004 e disputou apenas duas partidas pelo clube, nenhuma delas pela Libertadores. O atacante fez a sua estreia na competição pelo Galo, no empate contra o Deportivo La Guaira, na Venezuela, pela primeira rodada da fase de grupos. Ainda no começo de sua trajetória no torneio, o jogador falou sobre a sua semifinal dos sonhos. 

“Eu queria jogar na Bombonera lotada. Já pensou!? Semifinal, nós e Boca, ‘cheio lá’. A gente ganhando e se classificando para a final. Tinha vontade, é um estádio histórico. Eu já conheci, fui quando estava com a Seleção, mas não jogamos lá”, disse, em entrevista ao podcast da Conmebol Libertadores BR.

Na segunda rodada, contra o América de Cáli, no Mineirão, Hulk entrou no segundo tempo e foi decisivo na vitória do Atlético por 2 a 1, marcando os dois gols do time. Ele falou sobre a importância do resultado para a equipe.

“É uma competição bastante disputada, sabemos que não tem jogo fácil. Tivemos dificuldade na Venezuela, onde só conseguimos sair com um empate. Na última terça-feira, conseguimos a primeira vitória na fase de grupos. Foi muito importante porque nos engradece na competição. Agora, contra o Cerro (Porteño-PAR), vamos buscar essa liderança. É um torneio que já esperava essa competitividade”, afirmou o jogador.

O atacante ainda ressaltou que disputar a Libertadores era um sonho e comparou a competição com a Liga dos Campeões, torneio continental da Europa.

“Era um sonho, um objetivo, jogar a Libertadores. Já tinha disputado a Liga dos Campeões, que é o campeonato mais importante do mundo de clubes e a Champions da Ásia. A Libertadores era um sonho, um desejo, que pesou também para eu voltar ao Brasil. Eu vejo a grandeza também, comparo com a Liga dos Campeões, a organização, a grandeza. São os melhores times da América. Vamos buscar o nosso sonho, que é conquistar essa Libertadores. Sabemos que não é fácil, mas só de estar jogando já é um sonho. Espero aproveitar da melhor maneira possível e ter grande sucesso”, concluiu.

Hulk chegou ao Atlético nesta temporada e marcou quatro gols em onze partidas. O jogador deve ser o centroavante titular da equipe na partida desta terça-feira, às 19h15, contra o Cerro Porteño-PAR, no Mineirão, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

Tags: semifinal hulk futinternacional futnacional bombonera boca juniors seriea libertadores2021