Atlético

ATLÉTICO

Atlético paga R$ 5,8 milhões na Fifa e quita dívida pela compra de Terans

Jogador foi comprado em 2018, mas não se firmou no Galo e foi emprestado

postado em 06/05/2021 19:35

(Foto: AFP)

O Atlético quitou, nesta quinta-feira, mais uma pendencia financeira na Fifa. O clube acertou o pagamento de R$ 5,8 milhões pela compra do meia-atacante David Terans, efetuada em 2018 junto ao Rentistas, do Uruguai.

Recentemente, o clube disse que tinha como principal objetivo quitar dívidas onerosas (dívidas passadas, dívidas bancárias e processos na Fifa). Elas representam 42% do valor total de R$ 1,2 bilhão devido pelo alvinegro.

Também nesta semana, o Atlético pagou cerca de R$ 12 milhões pela aquisição de Guilherme Arana, feita em 2020. O jogador está emprestado ao Galo até o fim de junho, quando o alvinegro precisará pagar mais 2,5 milhões de euros para comprá-lo de forma definitiva.


Terans


Terans foi comprado pelo Atlético em junho de 2018 por cerca de 1,6 milhão de dólares (R$ 6.032.000,00 na cotação da época). O clube deveria pagar o valor em cinco vezes. A primeira, de 600 mil dólares, com prazo até julho de 2018. As outras quatro, de 250 mil dólares cada, seriam quitadas a cada seis meses. 

Se atrasasse mais de 20 dias o pagamento de uma das parcelas, o Atlético seria multado em 20% do valor não pago. Em outubro de 2019, o Rentistas alegou que o clube mineiro havia pagado apenas 60 mil dólares da terceira parcela, com vencimento em junho de 2019. 

Em 14 de novembro do mesmo ano, o Rentistas recorreu à Fifa para cobrar 897 mil dólares (R$ 5.041.140,00 na cotação atual), pelos seguintes motivos:

  • 690 mil dólares pelo valor residual do débito pela compra de Terans
  • 138 mil dólares de punição prevista na cláusula dos 20% estabelecida no contrato
  • 69 mil dólares para pagamento de honorários
  • 5 mil francos suíços de reembolso pelo valor pago pelo Rentistas para levar o caso à Fifa

A Fifa aceitou os dois primeiros pedidos, mas negou o terceiro. Sobre o quarto ponto, ficou determinado que, dos 25 mil francos suíços despendidos na ação, 23 mil seriam pagos pelo Atlético e 2 mil pelo Rentistas (que já havia quitado no início do processo).

O meia Terans, de 25 anos, atuou em 33 partidas pelo Atlético e marcou dois gols. O jogador foi contratado pelo então diretor de futebol Alexandre Gallo. O meia, que tem contrato com o Galo até junho de 2023, está emprestado ao Peñarol, do Uruguai.

Tags: galo atlético interiormg mercadobola