Atlético

CAMPEONATO MINEIRO

Atlético recebe Tombense para selar ida à 15ª decisão seguida do Mineiro

Galo pode perder por três gols de diferença que chegará à final do Estadual

postado em 08/05/2021 04:00 / atualizado em 07/05/2021 22:28

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
 
 
O Atlético entra em campo na tarde deste sábado para carimbar sua vaga na 15ª final consecutiva do Campeonato Mineiro. O alvinegro recebe o Tombense, às 16h30, no Mineirão, e pode até perder por três gols de diferença que chegará à decisão do Estadual. A tendência é de que o técnico Cuca utilize os reservas no Gigante da Pampulha.
 
O Galo venceu o primeiro jogo, no Independência, com mando do Tombense, por 3 a 0. Com a larga vantagem, o Atlético poderá disputar mais uma final do Campeonato Mineiro. Desde 2007, o Galo jogou todas as decisões. O alvinegro foi campeão sete vezes (2007, 2010, 2012, 2013, 2015, 2017 e 2020) e vice em outras sete oportunidades (2008, 2009, 2011, 2014, 2016, 2018 e 2019). 
 
Uma das vantagens para o Atlético é o desempenho contra equipes do interior do estado. Neste século, o alvinegro encarou equipes de fora da capital em 15 mata-matas do Estadual e levou a melhor em todas, incluindo três decisões: Ipatinga, em 2010; Caldense, em 2015; e Tombense, em 2020. Relembre todas na galeria abaixo.
 
 
Quem se classificar vai enfrentar o vencedor do duelo entre América e Cruzeiro. No primeiro jogo, o Coelho atuou como visitante e venceu por 2 a 1. A equipe do técnico Lisca pode até perder por um gol que avançará à decisão.
 

Atlético

 
A tendência é que o técnico Cuca escale jogadores considerados reservas no jogo deste sábado, às 16h30, no Mineirão.
 
A comissão técnica tem priorizado a Copa Libertadores e dado descanso aos principais atletas do elenco no Estadual. Foi assim no último sábado, quando a equipe alternativa goleou o Tombense por 3 a 0 na partida de ida da semifinal, no Independência.
 
Cuca deve fazer modificações em todos os setores. No gol, Matheus Mendes será titular pela primeira vez, já que Everson está suspenso (foi expulso na ida) e Rafael se recupera de lesão no ombro direito.
 
As laterais devem ter Mariano e Dodô, que não foram os titulares na goleada da última terça-feira por 4 a 0 sobre o Cerro Porteño-PAR, no Mineirão, pela Libertadores. Na zaga, Réver e Gabriel provavelmente substituirão Igor Rabello e Junior Alonso.
 
No meio-campo, Allan deve ser o único mantido dentre os que iniciaram o jogo contra os paraguaios. Se ele não jogar, a tendência é que entre Jair. Nathan e Alan Franco devem completar o trio.
 
As principais dúvidas estão no ataque. Hyoran, na esquerda, e Eduardo Sasha, na direita, devem ser escolhidos, assim como Vargas, centralizado.
 
Porém, existe a possibilidade de Marrony ou Diego Tardelli jogarem. A expectativa é que Hulk não atue desta vez.

 

Tombense

 
O Tombense confia sua improvável reviravolta nos pés do atacante Keké, artilheiro do Campeonato Mineiro com seis gols. No primeiro jogo ele foi o jogador mais perigoso da equipe de Tombos, apesar do pênalti (e rebote) desperdiçados diante do goleiro Matheus Mendes.
 
Para avançar, a equipe precisa vencer por quatro gols de diferença. Desde que estreou na elite do futebol mineiro, o Tombense só venceu uma vez pelo placar necessário: 4 a 0 sobre a URT, no Estadual de 2020.
 

ATLÉTICO X TOMBENSE

 
Atlético
Matheus Mendes; Mariano, Réver, Gabriel e Dodô; Allan (Jair), Alan Franco e Nathan; Hyoran (Marrony), Sasha (Diego Tardelli) e Vargas
Técnico: Cuca
 
Tombense
Felipe Garcia; Deivid, Wesley, Arthur e Manoel; Rodrigo, Paulinho Dias, Pablo e Jhemerson; Rubens e Keké
Técnico: Rafael Guanaes
 
Motivo: jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 8 de maio, sábado
Horário: 16h30
 
Árbitro: Paulo César Zanoveli 
Auxiliares: Frederico Soares Vilarinho e Leonardo Henrique Pereira 
VAR: Igor Júnio Benevenuto

Tags: galo atlético interiormg