Atlético

ATLÉTICO

Choro, camisa e placa: Tardelli é homenageado e dá 'adeus' ao Atlético

Atacante não entrou em campo, mas foi ao Mineirão marcar a sua despedida do clube alvinegro

postado em 30/05/2021 13:14 / atualizado em 30/05/2021 14:22

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
O domingo foi também de despedida no Mineirão. Diego Tardelli não entrou em campo contra o Fortaleza – sequer foi relacionado –, mas estava no estádio para receber homenagens. O atacante, que não teve o contrato renovado, assistiu à derrota por 2 a 1, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, ao lado da diretoria do Atlético. 
 
E a partida foi repleta de homenagens ao ídolo. Os jogadores atuaram com o nome de Tardelli nas camisas, acima do número. Após a partida, o presidente Sérgio Coelho entregou uma placa e uma camisa ao jogador. A camisa tem 112 nas costas. O número é alusivo aos gols do atacante pelo clube. 
 
Bastante emocionado, Tardelli foi jogado para o alto pelo seus ex-companheiros de clube. Em seu discurso, o ídolo da massa foi enfático: “Meu ciclo acaba hoje, mas minha história nunca será apagada. Vou sentir saudades”.  
 
 

Problemas físicos 

Diego Tardelli voltou ao Atlético em 12 de fevereiro de 2020, com vínculo válido até dezembro daquele ano. Em 15 de julho - quando havia feito apenas uma partida desde o retorno -, sofreu grave lesão no ligamento do tornozelo direito e precisou passar por cirurgia dias depois. 
 
Os problemas físicos o impediram de participar da maior parte da última temporada. Por conta da paralisação do calendário do futebol em decorrência da pandemia de COVID-19, o Campeonato Brasileiro de 2020 só terminou em 25 de fevereiro deste ano. E o contrato de Tardelli, que acabaria em dezembro passado, foi estendido para que ele pudesse concluir a disputa da Série A. 
 
Em 2 de março, o Atlético anunciou a permanência do jogador até 31 de maio. O objetivo era que Tardelli, livre dos problemas físicos, pudesse, enfim, engatar uma sequência de partidas. Ele iniciou o Campeonato Mineiro de 2021 com dois gols marcados em duas partidas disputadas, mas, devido a lesões, virou desfalques de Cuca em várias oportunidades. 

Histórico no Atlético

Nas três passagens pelo Atlético, Diego Tardelli disputou 230 jogos e marcou 112 gols. O atacante é o 15º maior artilheiro da história do clube. Pelo Galo, o camisa 9 ganhou sete títulos:  Copa Libertadores (2013), Copa do Brasil (2014), Recopa Sul-Americana (2014) e Campeonato Mineiro (2010, 2013, 2020 e 2021).
 
Tardelli também é o sexto maior artilheiro atleticano em clássicos contra o Cruzeiro, com nove gols. Foi dele o gol do título da Copa do Brasil de 2014, na vitória por 1 a 0 sobre o rival, no Mineirão. O goleador havia defendido o Atlético de 2009 a 2011 e de 2013 a 2014.

Tags: tardelli Diego Tardelli atleticomg interiormg futnacional seriea fortalezace