River favorito na Libertadores? Técnico do rival do Atlético responde

Time argentino vai encarar o Galo nas quartas de final da competição internacional

22/07/2021 09:24 / atualizado em 22/07/2021 12:01
compartilhe
Gallardo espera ver o River Plate crescer na Copa Libertadores
foto: Douglas Magno / AFP

Gallardo espera ver o River Plate crescer na Copa Libertadores


O técnico Marcelo Gallardo foi questionado, após a vitória do River Plate sobre o Argentinos Juniors, por 2 a 0, no Estádio Diego Armando Maradona, nessa quarta-feira, se o time de Núñez é um dos favoritos ao título da Copa Libertadores. O treinador disse que a equipe tem que continuar melhorando em vários aspectos para poder sonhar com a conquista da América. Nas quartas de final do torneio, o River vai enfrentar o Atlético.

"Vamos ter que continuar melhorando. Vamos enfrentar times que são difíceis, que têm qualidades, times fortes. Os jogos devem ser disputados dentro de campo. Estamos nos preparando cada vez melhor. Agora, nas quartas de final da Libertadores, com mais jogos no torneio local, espero que tenhamos melhores possibilidades com relação aos aspectos futebolísticos, físicos e mentais para enfrentar os jogos que se avizinham, que vão ser muito duros", disse.

Ainda não há datas definidas para os jogos entre Atlético e River Plate. Os dias reservados pela Conmebol para as quartas de final da Copa Libertadores são 10, 11 e 12 de agosto (ida) e 17, 18 e 19 de agosto (volta).

Por ter feito a melhor campanha na fase de grupos, o Atlético decidirá em casa. O primeiro confronto com o River será disputado no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires. A princípio, a volta será no Mineirão, em Belo Horizonte. A direção do Galo não descarta transferir a partida como mandante para o Mané Garrincha, em Brasília, cidade que já liberou a presença de público.

O River Plate vive um período de mudanças. Nesta temporada, o time argentino perdeu jogadores importantes, como o meia Nacho Fernández (Atlético) e os atacantes Lucas Pratto (sem clube) e Rafael Borré (Eintracht Frankfurt). Outros chegaram, como o meia Agustin Palavecino (Deportivo Cali) e o atacante Braian Romero (Defensa y Justicia). Assim, Gallardo ainda tenta encontrar a melhor formação.

Atleticanos que decidiram jogos contra argentinos em BH



Compartilhe