UAI


Diego Costa e Hulk marcam, Atlético bate Sport e mantém folga no Brasileiro

Eduardo Vargas também balançou a rede cobrando pênalti no último lance da partida. Vitória por 3 a 0 faz time alvinegro chegar a 45 pontos em 20 jogos

18/09/2021 21:05 / atualizado em 19/09/2021 01:10
compartilhe
Hulk homenageou gravidez da namorada ao marcar 21º gol em 2021
foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press

Hulk homenageou gravidez da namorada ao marcar 21º gol em 2021


O Atlético contou com gols de Diego Costa, Hulk e Eduardo Vargas para vencer o Sport por 3 a 0, neste sábado, no Mineirão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time treinado por Cuca confirmou a excelente fase na competição, chegou a 45 pontos em 20 jogos (14 vitórias, três empates e três derrotas) e manteve sete de vantagem sobre o vice-líder Palmeiras (38). O Flamengo, terceiro colocado (34), tem três partidas a menos.



Na próxima terça-feira (21), às 21h30, o Galo terá compromisso pela Copa Libertadores, na qual enfrentará o Palmeiras na ida da semifinal, no Allianz Parque, em São Paulo. O confronto de volta será na semana seguinte (28), também às 21h30, no Mineirão.

Pelo Brasileirão, o alvinegro pegará o São Paulo, às 21h de sábado (25), no Morumbi, pela 22ª rodada. Já o Sport, penúltimo na Série A, com 17 pontos, recebe o Fortaleza, às 18h15 de domingo (26), na Ilha do Retiro, no Recife.



O jogo


Pela primeira vez, Cuca escalou Diego Costa como titular no Atlético. Ele optou pelo ex-jogador de Atlético de Madrid, Chelsea e Seleção da Espanha, mas sem abrir mão de Hulk, que teve liberdade para transitar pelos setores de meio-campo e ataque. Na lateral direita, Guga ganhou a vaga de Mariano, suspenso, mesmo motivo pelo qual o volante Tchê Tchê entrou no lugar de Jair.

O Galo jogou ao seu estilo habitual de supremacia na posse, troca de passes no campo ofensivo e movimentação de laterais, meias e atacantes. Logo aos 9 minutos, Zaracho foi acionado por Keno na pequena área e tentou o toque por baixo de Mailson. Antes que Diego Costa chegasse para balançar a rede, Sander afastou a bola praticamente em cima da linha.

Apesar dos poucos avanços do Sport, o Atlético quase se complicou aos 15 minutos, quando Allan escorregou na defesa e segurou a bola com as mãos no momento em que Paulinho Moccelin tentou o desarme. O árbitro paulista Vinícius Gonçalves Dias Araújo marcou falta e deu cartão amarelo para o volante atleticano. Na cobrança, Hernanes mirou no canto direito alto, e Everson fez grande defesa. Foi a única finalização certa do Leão na etapa inicial.

Passado o susto, o Atlético voltou a pressionar o Sport. Pela esquerda, Guilherme Arana e Keno se apresentaram para o jogo e participaram com tabelas e lançamentos. Em um dos ataques, Diego Costa cabeceou para fora, aos 25.

Hulk também estava a fim de resolver a parada. Aos 22, ele utilizou a força física para superar dois adversários e chutar cruzado. Aos 31, experimentou de fora da área e obrigou Mailson a rebater.

Diego Costa cabeceou no ângulo direito e abriu placar contra o Sport
foto: Juarez Rodrigues/EM D.A Press

Diego Costa cabeceou no ângulo direito e abriu placar contra o Sport



De tanto insistir, o Galo abriu o placar aos 34 minutos, após assistência de Guilherme Arana e cabeceio forte de Diego Costa no contrapé de Mailson: 1 a 0. Foi o segundo gol do camisa 19, que havia balançado a rede no empate por 1 a 1 com o Bragantino, no interior de São Paulo, pela 18ª rodada.



Aos 46’, Arana forçou o erro de passe de Hayner, recuperou a redonda e entregou a Hulk, que ajeitou de pé esquerdo e arrematou firme para fazer 2 a 0 e o 21º gol dele na temporada 2021.



Confortável na partida e sem ser incomodado pelo Sport, o Atlético diminuiu o ritmo na etapa final, talvez já pensando no jogo contra o Palmeiras pela Libertadores. Cuca substituiu Hulk e Diego Costa aos 17 minutos, dando oportunidade a Vargas e Sasha. O treinador também acionou Nathan e Nacho Fernández nas funções de Allan e Keno, além de trocar Guilherme Arana, que levou uma pancada no joelho esquerdo, por Dodô.

Mesmo com a estrutura modificada, o Galo correu atrás do terceiro gol. Aos 33, Zaracho interceptou a saída de bola do Sport e rolou para Sasha, que finalizou com efeito à esquerda de Mailson. No minuto seguinte, Dodô tabelou com Vargas e bateu rasteiro na rede, mas do lado de fora. O Sport esboçou reação, porém esbarrou em impedimentos de André no passe para Thiago Neves, aos 36, e em finalização na grande área, aos 44.

Aos 49, o Atlético encaixou um contragolpe com Vargas e Eduardo Sasha, que tabelaram até o chute do chileno no braço de Rafael Thyere. Após consulta ao VAR, Vinícius Gonçalves Dias Araújo assinalou pênalti e mostrou cartão amarelo ao zagueiro do Sport. Vargas se encarregou da cobrança, soltou a bomba no ângulo e fechou o placar: 3 a 0.



ATLÉTICO 3X0 SPORT


ATLÉTICO
Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana (Dodô, aos 27 do 2T); Allan (Nathan, aos 27 do 2T), Tchê Tchê e Zaracho; Keno (Nacho Fernández, aos 27 do 2T), Hulk (Vargas, aos 17 do 2T) e Diego Costa (Sasha, aos 17 do 2T)
Técnico: Cuca

SPORT
Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Marcão (Barcia, aos 41 do 2T), Hernanes (Ronaldo Henrique, aos 35 do 2T) e Everton Felipe (Thiago Neves, aos 15 do 2T); Paulinho Moccelin, Mikael (Everaldo, no intervalo) e Tréllez (André, no intervalo)
Técnico: Gustavo Florentín

Gols: Diego Costa, aos 34, Hulk, aos 46 do 1T; Vargas, aos 53 do 2T (Atlético)

Cartões amarelos: Allan, aos 14 do 1T; Tchê Tchê, aos 37 do 2T (Atlético); Tréllez, aos 11, Paulinho Moccelin, aos 31 do 1T; Rafael Thyere, aos 51 do 2T (Sport)

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: sábado, 18 de setembro de 2021

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Péricles Bassols Pegado Cortez (SP)

Compartilhe