Presidente do Atlético pede árbitros da Fifa para jogos de Galo e Flamengo

Sérgio Coelho cobrou afastamento de juiz que apitou no jogo contra o Santos

14/10/2021 21:04 / atualizado em 14/10/2021 21:25
compartilhe
Sérgio Coelho reclamou de pênaltis marcados após uso do VAR e pede árbitros com escudo FIFA
foto: Reprodução/TV Galo

Sérgio Coelho reclamou de pênaltis marcados após uso do VAR e pede árbitros com escudo FIFA


O assunto arbitragem voltou a ser alvo de irritação do Atlético depois da vitória por 3 a 1 diante do Santos, no Mineirão, pelo Brasileiro, que provocou muitas críticas ao juiz Paulo Roberto Alves Júnior. O Galo reclama de pênaltis que só foram marcados graças ao recurso do VAR e cobrou ação da Comissão de Arbitragem da CBF para punir o árbitro com afastamento. 

Nesta quinta-feira, o diretor de futebol Rodrigo Caetano, que foi citado na súmula por atos inconvenientes com a arbitragem, após a partida, questionou as alegações registradas no documento oficial e criticou a conduta do juiz da Federação Paranaense escalado para o jogo contra o Santos. Em seguida, o presidente do Atlético, Sérgio Coelho, concedeu entrevista à TV Galo e questionou a não marcação de, segundo ele, três pênaltis claros pelo árbitro. 

Sérgio Coelho citou opiniões de analistas de arbitragem de canais de TV sobre a penalidades ignoradas num primeiro momento, e que só foram marcadas após o uso do VAR. Ele cobrou afastamento do juiz que conduziu o jogo contra o Santos e ainda pediu para que a comissão escale árbitros com escudo FIFA, mas que não sejam ligados ao Rio de Janeiro, já que o Flamengo é concorrente direto do clube alvinegro na briga pelo título do Brasileirão.


 
"Acompanhei diversos veículos de comunicação, os comentários sobre a arbitragem. E é unânime que houve três pênaltis escandalosos e um interpretativo, que alguns analistas acham que foi pênalti e outros acham que não. Na minha opinião, houve sim quatro pênaltis absurdamente não marcados pelo árbitro. dois no primeiro tempo, que, se o VAR não interveio, houve um erro, usando peso e medida diferente contra o Atlético, pois no nosso jogo contra o Ceará, houve pênalti que o juiz marcou a favor do Atlético, e o VAR interveio e o juiz cancelou", declarou o mandatário atleticano.

"No segundo tempo houve mais dois pênaltis claríssimos, e o juiz também não marcou. Nesses, graças a Deus, o juiz foi ver a pedido do VAR e deu os pênaltis. A imprensa está criticando o juiz corretamente pela arbitragem horrorosa. Espero que o senhor (Leonardo) Gaciba, presidente da comissão de árbitros, puna esse árbitro como deve ser punido, porquqe quando dirigente e jogadores erram, são punidos", ponderou.

"Então, a gente aguarda a posição firme do Gaciba e que esse tempo de punição sirva para que esse árbitro faça uma reciclagem. A torcida está revoltada e com razão, assim como nós, diretores, estamos revoltados com o que vimos no Mineirão", acrescentou o presidente do Galo.

Escudo Fifa


Sérgio Coelho ainda pediu para que sejam escalados árbitros experientes e com escudo da Fifa em jogos na reta final do Brasileirão. Ele ainda sugeriu que, como o Flamengo é concorrente direto na briga pelo título, a Comissão de Arbitragem deveria relacionar para o sorteio juízes de outros estados que não sejam do Rio de Janeiro. 

"Estamos preocupados sim, eu e nossa diretoria. O que vimos no Mineirão foi lamentável, essa é a reazão de nossa preocupação. Nosso principal concorrente pelo título, neste momento, é o Flamengo. Existem no quadro de arbitragem dez árbitros Fifa, e nenhum é mineiro. São dois cariocas e nenhum mineiro", frisou. 

"Portanto, existem oito árbitros de outros estados. Sugiro que daqui para frente, todos os nossos jogos, bem como os do Flamengo, sejam apitados por esses árbitros, que são consagrados e têm envergadura para apitar jogos dessa grandeza. Esperamos que a Comissão de Arbitragem possa, daqui para frente, escalar esses árbitros", completou o dirigente. 

O mandatário do Atlético enviou comunicado aos conselheiros sobre as reclamações com a arbitragem no jogo contra o Santos. Confira a nota na íntegra:

Caros Conselheiros e Conselheiras, boa noite! 

Apesar da nossa belíssima  (e importante) vitória de ontem, o dia de hoje foi marcado pelos desabafos. 

Eu, Dr José Murilo e toda nossa diretoria ficamos revoltados com a péssima arbitragem do nosso jogo de ontem, contra o Santos, no Mineirão. Como consequência, Rodrigo Caetano e eu decidimos tornar públicas nossas insatisfações, que ora encaminho para vocês, abaixo. 

Aproveitamos para informar que, também hoje, ingressamos com reclamação formal contra o árbitro desse jogo, na ouvidoria da CBF. Fizemos também uma reclamação diretamente ao presidente da comissão de árbitro, Sr Gaciba, pedindo punição exemplar ao árbitro e enviamos minha entrevista ao presidente da CBF, seus vices e ao presidente do STJD. 

Enfim, fizemos tudo que achamos importante e adequado para tentar evitar outra arbitragem horrorosa como a de ontem, estamos com o sentimento de dever cumprido. 

Agradecemos, uma vez mais, o apoio que temos recebido de todos vocês. Seguiremos altivos nossa trajetória de luta e garra, para vencer! 

Muito obrigado,

Fiquem em paz!
Fiquem com Deus!

Sérgio Coelho

Compartilhe