Coritiba

SÉRIE B

América perde para o Coritiba e encerra sequência invicta na Série B

Coelho vinha de 12 partidas sem derrota na competição nacional

postado em 28/09/2019 18:25 / atualizado em 28/09/2019 22:15

<i>(Foto: Estevão Germano / América)</i>

 
Fim de invencibilidade. Neste sábado, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o América foi derrotado pelo Coritiba por 2 a 1, no Couto Pereira, e encerrou sua série invicta de 12 jogos. Com o revés, o Coelho perdeu duas posições na tabela, descendo do oitavo para 10º, com 35 pontos. O Coxa subiu para quinto, com 37. Os gols dos paranaenses foram marcados por Robson e Sabino. Ricardo Silva diminuiu para o alviverde.

O resultado negativo no Paraná encerrou a sequência de invencibilidade do América na Segundona. Os comandados de Felipe Conceição chegaram a 12 partidas sem perder, com oito vitórias e quatro empates no período. O Coxa, por sua vez, não vencia há seis jogos e vinha de quatro derrotas consecutivas. A última vitória havia sido em 19 de agosto, quando bateu o Oeste por 2 a 0, em Barueri.

Mesmo com o derrota, o alviverde ainda se mantém próximo ao G4 (VEJA TABELA). Pela vitória, o Coritiba sobe da nona para a quinta posição. 

O próximo compromisso do América na Série B será na quinta-feira, dia 3 de outubro, às 19h15, contra o CRB, no Independência. O Coritiba, por sua vez, encara o rival Paraná, no sábado, dia 5, às 16h30, no estádio Vila Capanema.


O jogo


O América tomou a iniciativa no começo do jogo, começou melhor e teve algumas chances de marcar em lances de bola parada. Mesmo jogando em casa, o Coritiba errava muitos passes e tinha dificuldades em sair jogando.

Aos 12 minutos, o Coelho foi prejudicado com a não marcação de um pênalti. Após cobrança de escanteio do lado esquerdo, o zagueiro Pedrão cabeceou para fora. Porém, enquanto a bola viajava, Ricardo Silva foi puxado pela camisa. O árbitro Marcelo de Lima Henrique viu o lance, mas nada marcou. Imagens de TV confirmaram a penalidade.

Mesmo com o domínio americano no início do jogo, a primeira chance de gol da partida foi do Coritiba, aos 18’, em cabeceio de Sabino. Após o toque, a bola passou por cima do travessão de Airton. No lance seguinte, o Coxa assustou o Coelho novamente. Rodrigão recuperou a bola no campo de ataque, lançou Kelvin, que deu para Robson finalizar por cima do gol.

As duas chances criadas animaram os paranaenses, que tomaram as rédeas da partida. Em lance na área americana, aos 23 minutos, o atacante Rodrigão, do Coxa, teve a camisa puxada por Leandro Silva. O árbitro, mais uma vez, errou ao não marcar pênalti. Imagens de TV confirmaram a existência da falta na grande área.

O América reagiu aos 26 minutos e esteve perto do gol. João Paulo recebeu de Matheusinho e cruzou com perfeição para Júnior Viçosa. O atacante desperdiçou ao chutar por cima da meta de Alex Muralha.

Dois minutos depois, o Coritiba chegou ao seu primeiro gol. Giovanni lançou Robson, que dominou mal e deixou a bola escapar. Porém, o goleiro Airton escorregou, não fez a defesa e o caminho ficou livre para o meia do Coritiba abrir o placar no Couto Pereira: 1 a 0.

Pênalti inexistente e reação mineira

No início da etapa final, logo aos 2’, Robson foi derrubado por Ricardo Silva dentro da área. Dessa vez, o árbitro marcou pênalti. Ironicamente, não houve falta do jogador americano no lance. Na cobrança, o zagueiro Sabino ampliou para o Coxa: 2 a 0.

Apesar da vantagem do Coritiba, o América não se abateu. Aos 16 minutos, o volante Willian Maranhão recebeu dentro da área e finalizou prensado pela zaga. Após a cobrança do escanteio, Ricardo Silva desviou de cabeça e colocou o Coelho de volta no jogo: 2 a 1.

Na reta final da partida, o América sufocou o Coritiba em busca da igualdade. Aos 30’, Felipe Azevedo, que entrou no lugar de Diego Ferreira aos 13’, foi lançado na grande área. A finalização de cabeça passou por cima do gol defendido por Alex Muralha.

No minuto seguinte, Júnior Viçosa foi derrubado na meia-lua. Na cobrança, o lateral João Paulo exigiu grande defesa de Muralha. O goleiro do Coxa se esticou todo para buscar o canto esquerdo.

Já nos acréscimos, Felipe Azevedo acertou o travessão de Alex Muralha aos 47’. Apesar das investidas americanas, o Coritiba soube se defender e manteve o placar em 2 a 1 até o final da partida.

CORITIBA 2X1 AMÉRICA 

CORITIBA
Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick Brey; Matheus Sales, Juan Alano, Giovanni (Wellissol, aos 32 do 2ºT), e Robson; Rodrigão (Igor Jesus, aos 24 min do 2ºT) e Kelvin (Serginho, aos 26 do 2ºT). Técnico: Jorginho

AMÉRICA
Airton; Leandro Silva, Pedrão (Lucas Kal, aos 34 do 1ºT), Ricardo Silva e João Paulo; Flávio, Juninho, Willian Maranhão (Geovane, aos 35 min do 2ºT), Diego Ferreira (Felipe Azevedo, aos 13 min do 2ºT); Matheusinho e Júnior Viçosa. Técnico: Felipe Conceição

Gols: Robson, aos 28 min do 1ºT e Sabino, aos 2 min do 2ºT (CTB); Ricardo Silva, aos 16 min do 2ºT (AME)

Cartões amarelos: Robson, aos 38 min do 1ºT, Romércio, aos 10 min do 2ºT (CTB) e Alex Muralha, aos 34 min do 2ºT; Ricardo Silva 1 min do 2ºT (AME)

Motivo: 25ª rodada da Série B

Estádio: Couto Pereira, Curitiba (PR)

Data: sábado, 28 de setembro de 2019

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

Público: não divulgado

Tags: futnacional interiormg serieb americamg coritibapr acesso