Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro oficializa saída de técnico Mano Menezes para o Shandong Luneng da China

Clube informa que treinador honrou com multa rescisória prevista no contrato

postado em 06/12/2015 09:29 / atualizado em 06/12/2015 18:16

Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro
O Cruzeiro oficializou neste domingo pela manhã a transferência do técnico Mano Menezes para o Shandong Luneng da China. O gaúcho ainda dirigirá o time na partida contra o Internacional, marcada para as 17h, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Mano e sua comissão técnica assinarão contrato de dois anos com o clube chinês, que até então era comandado por Cuca. No Oriente, eles terão a opção de renovar o vínculo por um terceiro ano. Nesse caso, todos os profissionais receberiam 10% de reajuste.

Com a saída, Mano Menezes teve que pagar uma multa rescisória de R$ 7 milhões, bancada pelo time chinês. A discussão sobre a forma de pagamento desse montante atrasou em alguns dias o anúncio oficial do desligamento. O Cruzeiro exigia a quitação à vista.

”O Mano vai cumprir tudo o que acordou com o clube. O nosso compromisso é com o treinador”, informou o diretor de comunicação Guilherme Mendes ao Superesportes.

Em seu site oficial, Mano soltou uma breve nota oficial. O técnico já se apresentará ao Shandong Luneng no dia 13 de dezembro. "Mano Menezes não é mais oficialmente técnico do Cruzeiro. Ele aceitou o convite e será o novo treinador do Shandong Luneng, da China, nas próximas duas temporadas. A confirmação foi dada pelo time chinês nesta madrugada, concluindo uma negociação que se iniciou na última terça-feira. A partida entre Cruzeiro e Internacional, em Porto Alegre, neste domingo, será a última sob o comando de Mano. O treinador falará à imprensa sobre o assunto na coletiva após o jogo. Ele deve se apresentar ao novo clube já no próximo dia 13 de dezembro".

A partir de agora, o Cruzeiro tenta fechar com um novo treinador. O diretor de futebol Thiago Scuro esteve na Itália nos últimos dias e fez uma proposta de trabalho ao ex-jogador holandês Clarence Seedorf, de 39 anos. Neste domingo, ele retorna ao Brasil e deve anunciar se a negociação seguirá ou não. Segundo a imprensa italiana, Seedorf tem ofertas para dirigir Queen Park Rangers e Newcastle da Inglaterra na próxima temporada europeia, além de ter sido sondado para comandar a Seleção Holandesa.

Uma das alternativas mais fortes no Cruzeiro é que o auxiliar Deivid assuma o time em 2016. O ex-atacante, que chegou ao clube com Vanderlei Luxemburgo, goza de prestígio com a diretoria e jogadores e pode ganhar uma oportunidade se as conversas com Seedorf não avançarem.

A grande dificuldade de acerto com Seedorf se deve ao seu alto salário, e a um contrato que ele ainda tem em vigor com o Milan até junho de 2016. Nos seis primeiros meses do próximo ano, o holandês tem R$ 10 milhões a receber. Se fechar com algum neste momento, o holandês automaticamente rompe o acordo e deixa de embolsar a quantia.

O Milan, por sinal, foi o único clube que Seedorf dirigiu em sua curta carreira de treinador. Entre janeiro de junho de 2014, ele comandou o clube italiano em 22 jogos e obteve 11 vitórias, dois empates e nove derrotas. O aproveitamento foi de 53%.

Segundo o diretor de comunicação do Cruzeiro, o anúncio do novo treinador cruzeirense só deve ocorrer no decorrer da semana.

Em 2015, Mano foi um dos grandes responsáveis pela recuperação do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Desde que chegou ao clube celeste, no início de setembro, o treinador disputou 15 jogos, sendo oito vitórias, seis empates e uma derrota - aproveitamento de 66,6%. Ele tinha vínculo com o Cruzeiro até dezembro de 2017.

Tags: transferência saída despedida oficializa china mercadobola seriea cruzeiro mano