Cruzeiro

CRUZEIRO

Edilson diz que perdeu o sono com crise e destaca empenho para voltar a ser titular do Cruzeiro: 'É para isso que treino todos os dias'

Lateral-direito será titular na partida da Raposa contra o Athletico-PR

postado em 05/11/2019 11:58 / atualizado em 05/11/2019 15:10

<i>(Foto: Paulo Filgueiras / EM DA PRESS)</i>

Edilson será titular do Cruzeiro na partida contra Athletico-PR nesta quarta-feira, às 21h30, em Curitiba, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a chegada de Abel Braga, o lateral-direito voltou a ganhar oportunidades no time. Durante o momento de maior crise do clube, o experiente jogador, de 33 anos, disse que chegou a perder o sono.

“Acho que quando a gente tem um peso, quando a gente consegue conquistar títulos, tem uma cobrança ainda maior. Se eu colocasse minha cabeça no travesseiro e conseguisse dormi normalmente numa situação daquela, acho que não estaria ligando para o que vinha acontecendo e com a situação do clube. Acontece comigo, com o Thiago Neves, com o Robinho de não dormir, acontece com muitos que passaram por essa situação”, disse

“A situação deu uma melhorada. Com isso, o sono vem melhorando quando a gente volta a vencer, porque é complicado ir para a casa com crítica em cima de crítica, por mais que estejamos acostumados. Acho que o resultado em si nos entristece saber que poderíamos estar em uma situação melhor. Essa maré já passou e é pensar para frente e tentar vitórias com naturalidade, e o sono melhora, o humor melhora. É isso que a gente tem que pensar, tirar das turbulências coisa boas, aprendizado para a gente sair mais forte neste momento de decisão do Campeonato Brasileiro”, acrescentou.

Edilson foi um dos jogadores mais cobrados no ápice da crise celeste. Chegou a se ausentar até do banco de reservas em alguns jogos sob o comando do técnico Rogério Ceni. Com a convocação de Orejuela para amistosos da Seleção Colombiana, Edilson foi titular e participou dos empates com Fluminense (0 a 0) e Chapecoense (1 a 1) e da vitória sobre o São Paulo (1 a 0), todos os confrontos sob o comando de Abel Braga.

Busca da titularidade

Edilson destacou que quer voltar a recuperar a posição no Cruzeiro. Nesta temporada, ele participou de 26 jogos. Foi titular durante o início da temporada, mas perdeu espaço porque caiu de rendimento. Orejuela assumiu a posição e se destacou. Agora, Edilson ganhará uma chance no time porque o colombiano foi expulso na partida contra o Bahia (1 a 1), no último domingo.

“Já estou me sentindo bem melhor com a sequência que tive contra Fluminense, São Paulo e Chapecoense, e sempre quero estar jogando. Ninguém pode ficar contente com a reserva. Respeito o companheiro, mas, se você se presta e se acostuma com a reserva, não é bom a nenhum atleta. Respeito quem joga, mas quero voltar a ser titular, e é para isso que treino, que acordo todos os dias para vir treinar”, afirmou.

Tags: cruzeiroec edilson seriea titular orejuela