Cruzeiro

CRUZEIRO

Dedé diz que não houve 'panela' no Cruzeiro e comenta consulta do Atlético no início do ano: 'Sem chance'

Defensor afirmou que está focado na recuperação e não sabe qual será seu futuro

postado em 14/06/2020 11:21 / atualizado em 14/06/2020 12:03

(Foto: Juarez Rodrigues/EM)
Em processo de recuperação após passar por cirurgia no joelho direito, o zagueiro Dedé disse que não houve 'panela' com Edilson e Thiago Neves no ano passado, quando o Cruzeiro caiu para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro.

“A torcida fala que tinha ‘panela’ de Dedé e Edílson. Não tinha nada disso. Ajudávamos um ao outro. Toda ação errada do Thiago Neves, ou de qualquer outro, eu chegava para falar. O meu também estava na reta. Não chegava discutindo. Conversava (normal). Nunca deixei de cobrar todos os jogadores do Cruzeiro. Do Fábio até o Fred”, contou Dedé, em entrevista ao canal Fox Sports.

Em setembro do ano passado, o descontentamento dos jogadores mais experientes, em especial Thiago Neves, Edilson e Dedé, culminou na saída do técnico Rogério Ceni do Cruzeiro. Com apoio dos atletas, a diretoria trouxe Abel Braga, que não conseguiu dar um rumo ao time. Ele deixou o cargo poucos antes do término do Brasileiro. Adilson Batista chegou, e a queda para a Série B se consumou. 

Outros jogadores tiveram percepção distinta do que ocorreu no ano passado. Para o lateral-direito Weverton, hoje no Red Bull Bragantino, os atletas com mais bagagem apresentavam um comportamento diferenciado com os jovens vindos da base. “Os jogadores ‘cobras’ não conversavam as coisas perto dos jogadores da base, conversavam mais entre eles, mais reservado”, contou o lateral, expondo a divisão no elenco.


Proposta do Atlético 


Dedé recebeu uma consulta do Atlético neste ano. Contudo, como o defensor já estava lesionado, o Galo foi em busca de outros atletas no mercado. Mesmo se estivesse em plenas condições, Dedé disse não defenderia o Alvinegro por tudo que ele viveu na Raposa.

“Tive proposta do Atlético e é inviável demais. Sem chances de ir para o Atlético, pelo respeito que tenho pelo Cruzeiro. A história que criei no Cruzeiro foi muito bonita, apesar desse rebaixamento ter manchado um pouco, mas os títulos foram muito maiores que isso", afirmou Dedé. 

"Eu respeito muito o Cruzeiro, tanto que com tudo que tem acontecido, atrasos de salário, respostas do que vai acontecer na minha carreira, até pessoas lá de dentro, que eu fiquei sabendo que não acreditam na minha recuperação, eu ainda respeito o Cruzeiro. Farei de tudo para sair ou ficar de uma forma que seja bom para ambos... Com o pensamento em ficar no Cruzeiro sim, mas priorizando a minha recuperação”, completou. 

Futuro


Dedé destacou que está focado na recuperação e afirmou que ainda não sabe onde jogará no futuro. “Difícil falar. Eu sou do Cruzeiro. Me perguntam muito se eu vou voltar para o Cruzeiro, sendo que eu nem saí. Meu foco é minha recuperação, ficar bem e aí saber o que vou fazer. Eu nem sei se vou ficar 100%, mas estou tentando e, se Deus quiser, vou conseguir, para dar uma resposta para vocês”, destacou.

Tags: mercado retorno lesão dedé atleticomg mercadobola