Cruzeiro

CRUZEIRO

Após revés, técnico diz:'Cruzeiro vai conseguir o acesso, não tenho dúvida'

Felipe Conceição elogiou o time que jogou a maior parte da partida com dois a menos - Fábio e Adriano foram expulsos em lances infantis na etapa inicial

postado em 29/05/2021 19:50 / atualizado em 29/05/2021 21:31

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Após a derrota para o Confiança, por 3 a 1, neste sábado, o técnico Felipe Conceição garantiu que o Cruzeiro vai conseguir o acesso para a elite do futebol brasileiro. O treinador reafirmou que está contente com o elenco que tem e elogiou o time que jogou a maior parte da partida com dois jogadores a menos - o goleiro Fábio e o volante Adriano foram expulsos em lances infantis ainda na etapa inicial.

"O Cruzeiro vai conseguir o acesso, não tenho dúvida. Em relação ao elenco, é o que falei antes: o nosso elenco hoje é equilibrado, tem peças de reposição, o conjunto do Cruzeiro hoje é forte", frisou

Felipe Conceição criticou o árbitro André Rodrigo Rocha (CBF-TO). "O início do jogo demonstrou que íamos controlar a partida, e controlamos. Com tranquilidade e equilíbrio, íamos ganhar a partida. O árbitro hoje não deixou que a gente fizesse isso, mas não tenho dúvida que o jogo estava nas nossas mãos e que a gente era superior ao adversário", destacou.

O treinador do Cruzeiro disse que a equipe vai evoluir no decorrer da competição. "Vamos continuar com a equipe que já demonstrou um bom futebol, equipe que está crescendo e que tem muito a crescer dentro de campo. A situação de hoje vai trazer crescimento. Hoje, eles acreditam mais neles do que antes, porque com nove jogadores eles foram melhores que o adversário em praticamente todo segundo tempo. Eles sabem que com 11 a gente ia ganhar a partida. Hoje, traz confiança, traz a lição que tem que tirar, e a gente vai forte para o jogo da Copa do Brasil, como para a sequência da Série B", afirmou.


Elenco


O treinador valorizou o elenco do Cruzeiro e disse que por causa de uma derrota não vai mudar todo planejamento da temporada.

"Eu vi um Cruzeiro no passado, antes da minha vinda, que mudava o elenco a cada derrota ou a cada situação adversa, uma pressão muito grande de mudar jogadores, de queimar jogadores. Hoje, eles estão executando bem as funções, estão crescendo, a gente precisa de tranquilidade. Toda derrota não pode ser uma terra arrasada, dizer que a gente precisa de três, quatro reforços. A gente está trabalhando há três meses, evoluindo vários atletas, evoluindo a equipe, e assim se constrói uma equipe forte, reconstrói um grande clube como o Cruzeiro. Não é tomando decisões em torno de paixão ou de pressão externa. Sabemos do trabalho, do nível da equipe".


Crítica


Felipe Conceição ainda criticou a imprensa por falta de elogios ao time durante a coletiva. "É até complicado você vir em uma coletiva e não escutar um elogio para o segundo tempo que o Cruzeiro fez. Acho que a gente tem que ter consciência do que acontece dentro de campo para que a gente possa comentar melhor os jogos".