América

SÉRIE B

Garoto de 19 anos 'salva' América, que vence Guarani e termina rodada da Série B fora do Z4

Flávio, de fora da área, garantiu triunfo mineiro no Independência

postado em 25/08/2019 12:53 / atualizado em 25/08/2019 14:37

<i>(Foto: Mourão Panda/América)</i>

Que estreia no profissional! Flávio, de 19 anos, entrou em campo aos 27' do segundo tempo na manhã deste domingo, no Independência. Foram pouco mais de 20 minutos em campo. Bastou. De fora da área, o jovem meio-campista garantiu a vitória do América por 3 a 2 sobre o Guarani, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time mineiro chega aos 21 pontos e termina a 18ª rodada fora da zona de rebaixamento, no 13º lugar. Já o Guarani continua na lanterna, com 13 pontos.

Logo no começo do jogo, o Guarani abriu o placar, com Igor Henrique. Júnior Viçosa foi às redes duas vezes, uma delas de pênalti, e virou o o marcador. Aos 29' do segundo tempo, João Paulo, contra, deixou tudo igual. Nos acréscimos, Flávio - que havia entrado na vaga de Geovano - garantiu o triunfo americano.

As equipes voltam a campo nesta quarta-feira, às 19h15, no interior de São Paulo. O América enfrenta o São Bento no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Já o Guarani recebe o Londrina, no Brinco de Ouro, em Campinas. As partidas valem pela 19ª rodada da Série B - a última do primeiro turno.

Equilíbrio


Muita briga no meio-campo, roubadas de bola, cartões amarelos em sequência e pouca criatividade ofensiva. Esse era o cenário do jogo até os 15’ do primeiro tempo, quando o Guarani deu um susto na torcida americana no Independência. Após recuperação de posse no campo ofensivo, Igor Henrique bateu cruzado, de fora da área, e venceu Jori: 1 a 0.

O que poderia ser o início de um momento de ansiedade e dificuldades no jogo logo foi contido. Apenas quatro minutos depois de sofrer o gol, o América conseguiu empatar numa cobrança de escanteio. Em grande fase, Júnior Viçosa, livre, escorou para as redes após desvio de Leandro: 1 a 1.

A partida ganhou em movimentação, e o América passou a ser mais perigoso. Já na reta final do primeiro tempo, porém, o time perdeu o principal criador de jogadas. Matheusinho, com dores no ombro após ser derrubado por um marcador, deixou o campo chorando. Neto Berola foi o escolhido para substituí-lo. Pouco mudou no cenário da partida, que seguiu bastante equilibrada até o final do primeiro tempo.

Gol no fim salva América

Na volta para a etapa final, o Guarani passou a ter a posse por mais tempo: 53% contra 47% do América. Mas foram os donos da casa que ficaram à frente no placar. A bola bateu no braço de Diego Giaretta. Pênalti convertido por Júnior Viçosa, que virou o jogo logo aos 6’: 2 a 1.

O domínio da posse pelo Guarani aumentou pouco a pouco, e o time de Campinas ocupava o campo rival. Armado para contra-ataques, o América recuou e seguiu finalizando mais. Numa bola parada, porém, o empate saiu. E da forma mais cruel possível. Aos 29’, Thallyson cobrou falta lateral. João Paulo desviou contra o próprio gol: 2 a 2.

O gol fez com que o América se lançasse ao ataque. O técnico Felipe Conceição trocou o volante Juninho e abriu o time com a entrada de Marcelo Toscano. No finalzinho, Thallyson errou e tentou desarmar Neto Berola na entrada da área. A arbitragem marcou falta. Toscano chutou firme, para defesa de Kléver.

Na sobra, Leandro Silva empurrou para as redes, aos 44'. Mas a arbitragem assinalou impedimento. Minutos depois, aos 47', Flávio, de apenas 19 anos, finalizou de fora da área e explodiu de alegria ao marcar: 3 a 2.

AMÉRICA 3 X 2 GUARANI
 
AMÉRICA
Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Willian Maranhão, Geovane (Flávio, aos 27’ do 2ºT), Juninho (Marcelo Toscano, aos 41' do 2ºT) e Matheusinho (Neto Berola, aos 38’ do 1ºT); Felipe Azevedo e Júnior Viçosa
Técnico: Felipe Conceição
 
GUARANI
Kléver; Bruno Souza, Brunno Lima, Diego Giaretta e Thallyson; Deivid (Deivid Souza, aos 35' do 2ºT), Igor Henrique, Arthur Rezende e Bady (Filipe Cirne, aos 19’ do 2ºT); Davó e Michel Douglas (Eder Luis, aos 13’ do 2ºT)
Técnico: Thiago Carpini

Gols: Júnior Viçosa, aos 19’ do 1ºT, e aos 6’ do 2ºT, Flávio, aos 47' do 2ºT (AME); Igor Henrique, aos 15’ do 1ºT, e João Paulo (contra), aos 29’ do 2ºT (GUA)
Cartões amarelos: Willian Maranhão, aos 17’ do 1ºT, e Flávio, aos 48' dp 2ºT (AME); Thallyson, aos 8’, Davó, aos 14’, Jefferson Paulino, aos 16’ do 1ºT, e Igor Henrique, aos 8’ do 2ºT(GUA)

Público: 4.213 torcedores
Renda: R$ 32.238,00

Motivo: 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: domingo, 25 de agosto de 2019, às 11h
 
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES) 
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Katiuscia M Berger Mendonça (ES)

Tags: americamg interiormg futnacional serieb