Atlético

ATLÉTICO

Para manter Júlio César, Atlético terá que pagar R$ 400 mil ao Sport

Jovem de 18 anos está emprestado até julho e deve permanecer

postado em 08/03/2021 15:31 / atualizado em 08/03/2021 15:34

(Foto: Pedro Souza/Atlético)
Meia canhoto, versátil e promissor, Júlio César está sob holofotes depois de marcar na goleada por 4 a 0 do Atlético diante do Uberlândia, nesse domingo. Aos 18 anos, o jovem de Assu, no Rio Grande do Norte, está emprestado pelo Sport até julho. Para mantê-lo, o clube alvinegro precisa pagar cerca de R$ 400 mil por 70% dos direitos econômicos, segundo apurou o Superesportes.

Júlio César substituiu Dylan Borrero aos 24 minutos do segundo tempo na goleada no Mineirão, em partida válida pelo Campeonato Mineiro. Pouco depois, recebeu passe de Calebe para finalizar de fora da área e marcar o terceiro gol alvinegro - o primeiro dele como profissional. Foi apenas a terceira aparição do meia na equipe de cima.


Responsável por comandar interinamente o time até a chegada de Cuca, o auxiliar Lucas Gonçalves elogiou Júlio César após a estreia pelo profissional do Atlético, na vitória por 3 a 0 sobre a URT, há uma semana. “É um meia canhoto, que também entrou muito bem, dando dinâmica naquilo que a gente precisava. Essa era a orientação para ele, para que ele se sentisse à vontade, utilizasse o recurso do passe, que ele tem muito bem”, disse.

Antes de ter as primeiras oportunidades no time de cima, o garoto brilhou na campanha do título brasileiro sub-20 na temporada passada. Júlio César chegou ao Atlético em maio de 2020, após se destacar na base do Sport. Apesar da pouca idade - 17 anos, à época -, o meia já havia estreado pelo profissional do clube pernambucano.

A contratação do meia pelo Atlético passou por uma negociação que envolveu os departamentos profissional e de base, à época comandados por Alexandre Mattos e Júnior Chávare, respectivamente. Em 2020, o clube alvinegro liberou o lateral-direito Patric, o zagueiro Iago Maidana e o meia Bruninho - esses dois últimos por empréstimo - ao Sport para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Como contrapartida, recebeu três promessas da base do Sport. O lateral-direito Ítalo Lucas e o atacante Kedson chegaram em definitivo ao time sub-15; Júlio César foi emprestado, com opção de compra. No contrato de empréstimo, ficaram definidos o valor para a aquisição dos direitos e as bases salariais para o novo vínculo com o Atlético.

Júlio César, agora, busca novas oportunidades no time de cima. Nas três primeiras rodadas do Mineiro, foi bem. Mas, a partir desta semana, terá mais concorrentes. Os 14 jogadores do elenco profissional que receberam folga ao término do Brasileirão de 2020 se reapresentaram nesta segunda-feira na Cidade do Galo.

Tags: galo sportpe atleticomg interiormg futnacional seriea mercadobola