América

FUTEBOL ITALIANO

Ex-Atlético e América, Mancini estreará como treinador na Itália, mas enfrenta rejeição de torcedores; entenda

Com carreira no futebol italiano como jogador, ex-lateral e meia assumirá o comando do Foggia

postado em 08/08/2019 10:00 / atualizado em 08/08/2019 10:04

<i>(Foto: Reprodução Facebook Calcio Foggia 1920)</i>
O ex-jogador Mancini iniciará sua carreira como treinador no futebol italiano. Revelado pelo Atlético e com passagem pelo América como jogador, o agora técnico Mancini assumirá o Foggia Calcio, time da Série D da Itália. Entretanto, segundo a imprensa italiana, torcedores do Foggia se manifestaram contra a contratação de Mancini, relembrando a condenação do jogador por estupro, ocorrida em 2011.

Mancini foi acusado de estupro e condenado em primeira instância a dois anos e oito meses de prisão. Ele teria violentado uma modelo brasileira quando ainda defendia a Internazionale de Milão, depois de uma festa promovida por Ronaldinho Gaúcho, então jogador do Milan, em dezembro de 2009. À época, o ex-jogador alegou que recorreria da decisão, para provar sua inocência. “A coisa está parada e meus advogados vão recorrer. Vão provar a minha inocência, estou certo disso, porque estou sendo alvo de extorsão, as pessoas querem dinheiro”, acusou o armador, evitando falar sobre quem o estaria chantageando. “Quanto menos eu falar, melhor. A imprensa italiana é sensacionalista”, disse Mancini em entrevista ao Superesportes dias após da condenação, em novembro de 2011.

Vários veículos de imprensa italianos, como La Repubblica, La Gazzetta dello Sport, Blunote e Il Fatto Quotidiano noticiaram a insatisfação de parte da torcida com relação à chegada do novo técnico.

Mancini fez cursos no Brasil e na Europa para se qualificar na nova profissão e possui licenças de treinador da CBF e da Uefa. Em 2018, ele chegou a ser estagiário do técnico Thiago Larghi no Atlético.

Como jogador, Mancini construiu sólida carreira em grandes clubes do futebol italiano. Ele defendeu a Roma entre 2002 e 2008. Ainda em 2008, transferiu-se para a Internazionale de Milão, onde atuou até 2010, até ir para o Milan, clube em que permaneceu até 2011.

Tags: americamg atleticomg interiormg futinternacional futnacional seriea porondeanda