América

AMÉRICA

Moacir explica mudança de estilo de jogo do América: 'Não poderíamos ceder contra-ataque'

Técnico justificou postura mais cautelosa durante boa parte do duelo com Luverdense

postado em 20/08/2014 00:42 / atualizado em 20/08/2014 01:29

Rafael Arruda /Superesportes

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

O técnico Moacir Júnior explicou os momentos distintos pelos quais o América passou na vitória sobre o Luverdense, por 2 a 0, pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em cada tempo, o time apresentou ritmo forte nos primeiros minutos, porém tirou o pé na sequência. Coincidentemente, o Coelho conseguiu os gols quando partiu para cima de seu adversário.

Segundo Moacir, o América já tinha planos de atrair o adversário para conseguir encaixar um contra-ataque. O técnico crê que seria arriscado manter postura extremamente ofensiva durante os 90 minutos. Ele citou como exemplo o triunfo do próprio Luverdense sobre o Avaí, na Ressacada, pela 14ª rodada, no dia 1º de agosto.

"Um jogo muito difícil e atípico. Adotamos uma proposta diferente dentro de casa. Se a gente joga muito para cima, naquela volúpia do primeiro gol, e dá o contra-ataque para o Luverdense...", destacou. "Eles fizeram o resultado em Florianópolis assim, com o Avaí jogando em cima, e eles ganhando o jogo...", acrescentou o comandante.

Para o técnico americano, era terminantemente proibido ceder o contra-ataque ao Luverdense, que tinha jogadores velozes como o atacante Misael e o armador Samuel.

"Vínhamos de dois resultados adversos fora. Sabíamos da nossa força dentro de casa, mas enfrentamos uma equipe que estava no G-4, na terceira posição, e atua junto há mais de dois anos. Então tínhamos noção de que isso poderia acontecer. Eles tiveram mais posse de bola e finalizações. Mas estávamos cientes de que o contra-ataque, uma arma perigosa deles, não poderíamos ceder", analisou Moacir Júnior.

Por fim, o treinador ainda citou os outros resultados da rodada para exemplificar a dificuldade que é a Série B do Campeonato Brasileiro. O Vasco foi surpreendido pelo lanterna Vila Nova (2 a 1) e o Ceará acabou derrotado diante do ABC em casa (2 a 1).

"O mais importante é que mantivemos os 100% e voltamos para o G-4. Além disso, a Série B está mostrando como ela é. O Vasco perdeu para o Vila Nova e o Ceará perdeu em casa para o ABC. Nós temos a chance e vamos lutar muito para ser a única equipe com 100% de aproveitamento em nosso estádio. Se Deus quiser, fecharemos esse primeiro turno em casa com mais uma vitória. Seria um título à parte", finalizou Moacir Júnior.

Com 100% de aproveitamento no Independência, o América terá pela frente a Ponte Preta, às 19h30, na próxima sexta-feira. A Arena do Horto receberá mais um confronto de seis pontos, já que a Macaca aparece na sexta colocação, somando 28 pontos. O Coelho, que tem 29, está em quarto lugar.

{'id_site': 1, 'imagem_destaque': 'ns1/app/foto_126510467054/2014/08/19/5836/20140819230010989240a.JPG', 'id_content': 2874861L, 'url': 'https://www.mg.superesportes.com.br/app/fotos/futebol/america-mg/2014/08/19/galeria_america_mg,5836/fotos-de-america-x-luverdense-mt.shtml', 'titulo_destaque': 'Fotos de Am\xe9rica x Luverdense-MT', 'id_pk': 5836L, 'id_conteudo': 2874861L, 'id_aplicativo': 11, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'Fotos de Am\xe9rica x Luverdense-MT', 'id_treeapp': 143, 'descricao_destaque': 'Imagens do jogo disputado no Independ\xeancia, pela 17\xaa rodada da S\xe9rie B', 'schema': 'foto_126510467054'}