América

AMÉRICA

Gol mais rápido do Brasil, 'desacato' a policial em campo e surgimento para futebol: em fotos, relembre trajetória de Fred no América

Atacante reencontra Coelho neste domingo; passagem teve fatos inusitados

postado em 30/01/2018 12:56 / atualizado em 30/01/2018 13:47

Jorge Gontijo/Estado de Minas

Principal reforço do Cruzeiro para a temporada 2018, Fred reencontra o América neste domingo, às 17h, no Mineirão, em partida pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. Revelado na base americana, o atacante despontou para o futebol mundial com passagem marcante pelo Coelho. Em 57 jogos, entre 2003 e 2004, o centroavante marcou 34 gols pela equipe. Abaixo, veja galeria de fotos do período de Fred no América. 

A trajetória de Fred no América foi marcada por fatos curiosos. Em 2003, ainda pela equipe júnior, ele disputou a Copa São Paulo e marcou o gol mais rápido do futebol brasileiro, em jogo contra o Vila Nova-GO. Logo na saída de bola, o artilheiro, então com 19 anos, arriscou o chute do meio de campo e balançou a rede com apenas 3,17seg – foi recorde mundial até 2009. O gol relâmpago teve grande importância para a bem-sucedida carreira do camisa 9.

“Foi um gol fundamental na minha carreira. Eu tinha sido expulso no primeiro jogo da Copa São Paulo, já diziam que eu estava na lista de dispensas. Aquele gol foi importante para que eu continuasse no clube. Na preleção, o Hamilton, que era o nosso treinador, tinha dito que o goleiro deles jogava adiantado. Por isso, quando fomos iniciar o jogo, cheguei para o Émerson, meu companheiro de ataque, e pedi para ele rolar a bola que eu iria chutar direto. Ele tocou, e eu fiz o gol. Pena que perdemos aquele jogo (risos)”, contou em entrevista ao Superesportes em 2012, ano do centenário do América.

Também em 2003, já pelo time profissional do América, Fred marcou o primeiro gol da vitória sobre o Villa Nova, em Nova Lima, pelo Estadual. Na comemoração, o atacante tirou o boné de um guarda que fazia a segurança no estádio Castor Cifuentes, colocou na cabeça e, ao devolver, atirou no chão. No intervalo, os policiais, que foram ao vestiário e acusaram o jogador de desacato. Fred teve de retornar ao gramado e recolocar o boné corretamente na cabeça do policial. Ele se desculpou e evitou a abertura do boletim de ocorrência.

A passagem de Fred pelo América terminou em julho de 2004. Ele se transferiu para o Cruzeiro e, depois de 56 gols em 71 jogos, foi vendido ao Lyon. Da França, o camisa 9 regressou ao Brasil para defender o Fluminense, de 2009 a 2016. O artilheiro ainda atuou pelo Atlético por um ano e meio antes de voltar à Toca da Raposa no início desta temporada. No currículo, Fred tem o tricampeonato do Campeonato Francês, dois títulos brasileiros e duas Copas do Mundo disputadas com a Seleção Brasileira, em 2006 e 2014. O jogador de 34 anos marcou 366 gols em toda a carreira.

Tags: america x cruzeiro américa cruzeiroec fred mineiro2018 interiormg 'campeonato mineiro