América

AMÉRICA

Juninho atribui fase ruim do América a jogadores e isenta o demitido Givanildo: 'O que menos tinha responsabilidade'

'Todos têm de estar comprometidos com o América', disse volante

postado em 02/05/2019 19:53 / atualizado em 02/05/2019 19:59

<i>(Foto: Estevão Germano / América)</i>
Um dos jogadores mais experientes do elenco do América, o volante Juninho, de 31 anos, saiu em defesa do técnico Givanildo Oliveira, demitido pela diretoria após as derrotas por 1 a 0 para Operário-PR e Botafogo-SP neste início de Série B do Brasileiro.


“A atuação dentro de campo é a principal causa disso tudo. Acho que quando o presidente demite o treinador, o principal motivo são os resultados. E nós, jogadores, somos os responsáveis, porque  não conseguimos colocar (em prática) o que o Givanildo pedia. Infelizmente, é mais fácil mandar um embora do que oito ou nove. É sentimento de tristeza de todos nós. Temos que ter vergonha e ficar indignados, pois era um jogo que apontava para uma festa, comemoração do clube que trabalhamos, mas fracassamos. Somos os culpados pelas as nossas atuações”, disse Juninho, referindo-se ao revés para o Botafogo-SP no dia do aniversário de 107 anos do clube.

O que menos tinha responsabilidade nisso era o Givanildo”, acrescentou Juninho.

Com a demissão de Givanildo Oliveira, a diretoria do América trabalha nos bastidores para anunciar o novo comandante. Os nomes mais cotados para assumir são Thiago Larghi, ex-Atlético; Mauricio Barbieri, ex-Flamengo e Goiás; e Zé Ricardo, com passagens por Flamengo, Vasco e Botafogo.

Juninho admite estar por fora das negociações, mas alerta que o grupo tem a responsabilidade de se comprometer com o América e gerar um clima de reação antes mesmo da chegada do novo técnico. “Temos que sentar e resolver os problemas. Primeiramente, todos têm de estar comprometidos com o América. Essa queda do Givanildo é uma prova disso. Se alguém não estiver com vergonha, não está no ambiente certo. Vamos nos cobrar muito para melhorar”.

“Temos que resolver entre nós primeiro, porque chegará um novo treinador, mas o grupo é mesmo. Precisamos deixar o ambiente ajeitado para facilitar quando ele chegar”, acrescentou o meio-campista, que está no Lanna Drumond desde 2016.

Tags: americamg juninho givanildo serieb interiormg