América

SÉRIE B

América vence Vitória, volta ao G4 da Série B e segue na disputa pelo acesso

Com 58 pontos, Coelho torce contra o Coritiba para ficar em quarto

postado em 15/11/2019 18:52 / atualizado em 15/11/2019 23:37

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)

Na briga. O América venceu o Vitória por 2 a 1 nesta sexta-feira, no Independência, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, voltou ao G4 e segue na disputa por uma vaga na elite do futebol brasileiro em 2020. Os gols da vitória alviverde foram marcados pelo zagueiro Ricardo Silva e o volante Juninho. O lateral Matheus Rocha descontou para o Leão.

Com o resultado, o Coelho chegou a 58 pontos, ultrapassou o Coritiba, agora quinto colocado, e entrou no G4, zona de classificação para a Série A. O Vitória, por sua vez, se mantém na 13ª colocação, com 42, e ainda luta contra o rebaixamento.

Entretanto, o Coritiba, que tem 57 pontos, ainda entra em campo nesta rodada e pode voltar ao grupo dos quatro primeiros. Neste sábado, às 16h30, o Coxa encara o Oeste, no Couto Pereira. Em caso de empate, o time paranaense se mantém na quinta posição por ter uma vitória a menos que o Coelho (16 a 15), primeiro critério de desempate. Se vencer, pula do quinto para o terceiro lugar, ultrapassando o Atlético-GO (3º, com 60 pontos) no número de triunfos.

O próximo compromisso do América é na próxima sexta-feira, dia 22 de novembro, às 21h30, contra o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas. Na terça, o Vitória vai a Ponta Grossa-PR enfrentar o Operário-PR, às 21h30, no estádio Germano Kruger.

O jogo

A partida começou sob muita chuva, e com um gol-relâmpago o América saiu na frente. Logo no primeiro minuto, o Coelho levantou a bola na área do Vitória. Após cobrança de falta de Sávio, o capitão Ricardo Silva subiu mais que a zaga baiana e cabeceou para abrir o placar: 1 a 0.

Com o campo pesado e a vantagem no placar, o Coelho passou a ter mais tranquilidade para trabalhar as jogadas, mas sem abdicar de atacar o Leão e optando pelos contra-ataques. Aos 14’, Willian Maranhão quase ampliou o marcador. O volante recebeu dentro da área e finalizou à queima-roupa, mas o goleiro Martín Rodríguez fez a defesa.

Dois minutos depois, o América teve mais uma boa oportunidade de gol. O atacante Felipe Azevedo recebeu na área, avançou e foi derrubado pelo lateral-esquerdo Capa. O árbitro Thiago Duarte Peixoto mandou o jogo seguir. Segundo Sandro Meira Ricci, comentarista de arbitragem do SporTV, a penalidade deveria ter sido marcada.

A falta de criatividade e a pontaria ruim dos jogadores do Vitória atrapalharam o time a chegar ao empate. Quando o Leão conseguiu criar boas jogadas, a defesa americana, bem postada, afastou com facilidade.

Aos 40’, o Coelho quase ampliou com Juninho. Depois de cruzamento de Matheusinho, o volante finalizou livre de peixinho, mas o goleiro do Vitória mandou para escanteio. E o camisa 8 ainda teve mais uma grande chance antes do fim da primeira etapa. Ele chutou forte de fora da área, o goleiro Rodríguez bateu roupa, mas evitou o gol alviverde.

Na volta do intervalo, o Vitória aproveitou boa oportunidade e conseguiu o empate, aos 4’. Depois de rápido contra-ataque, o lateral-direito Matheus Rocha recebeu a bola, deu uma meia-lua no zagueiro Ricardo Silva, e finalizou forte de pé direito: 1 a 1.

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)


Mas o América não desistiu do triunfo e correu atrás da vantagem. Após cruzamento da esquerda, o atacante Júnior Viçosa desviou a bola, que sobrou para Juninho, livre. Desta vez o volante não desperdiçou e empurrou para a rede: 2 a 1.

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)


O Coelho ainda contou com a sorte. Aos 20’, o Vitória quase deixou tudo igual novamente. No contra-ataque, Wesley aproveitou sobra e finalizou colocado, mas a bola bateu no pé da trave e saiu pela linha de fundo. 

O Vitória ainda teve a oportunidade de empatar a partida aos 40’. Wesley entrou na área americana pelo lado direito, mas finalizou por cima do gol de Airton. Com a vantagem no marcador, o América segurou o Leão até o fim da partida.

Leia também: América registra seu recorde de público na Série B
 
 

AMÉRICA 2 X 1 VITÓRIA 

AMÉRICA
Airton; Diego Ferreira, Lucas Kal, Ricardo Silva e Sávio (Geovane, aos 43’ do 2ºT); Zé Ricardo, Juninho e Willian Maranhão (Flávio, aos 30’ do 2ºT); Felipe Azevedo, Matheusinho e Júnior Viçosa (França, aos 45’ do 2ºT). Técnico: Felipe Conceição. 
 
VITÓRIA
Martín Rodríguez; Zé Ivaldo (Caicedo, aos 21’ do 2ºT), Everton Sena e Ramon; Matheus Rocha, Léo Gomes, Lucas Cândido, Felipe Gedoz e Capa (Chiquinho, aos 28’ do 2ºT); Wesley, Anselmo Ramon (Eron, no intervalo). Técnico: Geninho.

Gols: Ricardo Silva, com 1 min do 1ºT e Juninho, aos 13 min do 2ºT (AME); Matheus Rocha, aos 4 min do 2ºT (VIT)

Cartões amarelos: Lucas Cândido, aos 27 min do 1ºT e Matheus Rocha, aos 32 min do 2ºT (VIT); Matheusinho, aos 31 min do 1ºT (AME)
 
Motivo: 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Estádio: Independência, em Belo Horizonte

Data e horário: sexta-feira, às 17h

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Público: 6.816

Renda: R$ 21.390,00

Tags: serieb americamg interiormg futnacional