América

AMÉRICA

Felipe Conceição vê América muito forte na briga pelo acesso: 'Esse grupo merece'

Coelho bateu o Vitória e se manteve na luta por uma vaga na Série A em 2020

postado em 16/11/2019 07:00 / atualizado em 15/11/2019 22:40

(Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press)

Com o triunfo sobre o Vitória por 2 a 1, no Independência, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o América chegou à terceira vitória consecutiva e se manteve na briga pelo acesso à elite nacional. Para o técnico Felipe Conceição, o resultado da partida mostrou, mais uma vez, a força do elenco americano.

Antes da sequência positiva, o Coelho teve a chance de fazer seis pontos dentro de casa. Porém, somou apenas um, já que empatou com a Ponte Preta em 0 a 0, na 32ª rodada, e perdeu para o Paraná por 2 a 0, na 33ª. Assim, o sonho do acesso parecia mais distante naquele momento. 

Com as vitórias sobre Londrina (1 a 0, na 34ª rodada), Cuiabá (2 a 0, na 35ª rodada), ambas fora de casa, e o triunfo contra o Vitória, o América voltou de vez à briga pelo acesso. Segundo o técnico Felipe Conceição, os bons resultados se devem à força de vontade do elenco alviverde.

O grupo não precisa mais demonstrar essa força, ela faz parte da gente. Então não é uma derrota, um empate, que vai abalar. A campanha é muito boa, a sequência de três vitórias é muito boa, importante nesse momento. A gente foca muito no desempenho, e esse desempenho está trazendo os pontos, as vitórias. Derrotas vão acontecer, não vamos ficar invictos sempre ou ter uma sequência positiva sempre. Mas esse grupo já demonstrou força suficiente que não é qualquer derrota ou qualquer obstáculo que vai parar a gente”, disse o comandante técnico.

O jogo

O primeiro tempo acabou com uma vantagem simples do América, mas, logo nos primeiros minutos da etapa complementar, o Vitória buscou o empate. Porém, pouco tempo depois, o Coelho fez o gol e manteve a vantagem até o final da partida.

Para o treinador, a reação americana passou muito pelo bom desempenho da equipe durante o jogo. 

“A equipe consegue manter uma consistência. Eu elogiei eles hoje na palestra, elogiei nesses dias de descanso, que se a gente mantiver isso até o final, essa consistência do nosso jogo, cumprindo as funções dentro do nosso estilo, que é agressivo, intenso, buscando o gol o tempo todo, com certeza vamos ganhar mais do que perder, e é o que está acontecendo”, afirmou.

Reta final da Série B

A dois jogos do fim, o América precisa vencer as próximas partidas para tentar conquistar uma vaga na Série A em 2020. Neste momento, o Coelho é o terceiro colocado, com 58 pontos.

Na próxima sexta-feira, 22 de novembro, o alviverde vai a Campinas enfrentar o Guarani, às 21h30. Depois, no dia 30, recebe o São Bento, às 16h30, no Independência. 

De acordo com Felipe Conceição, a postura da equipe até o final do campeonato é de entrega total. “Estamos unidos em busca do nosso sonho. Se vamos conseguir ou não, eu não tenho bola de cristal, mas que esse grupo merece por tudo que vem fazendo, merece”.

Na opinião do treinador, o Coelho briga pelo acesso porque os jogadores conseguiram evoluir técnica e mentalmente, o que é necessário para o time ter boas atuações e manter uma regularidade na competição. “Todo dia trabalhamos por uma melhora coletiva e individual, mas o time alcançou um nível que faz com que a gente brigue pelo G4 e brigue pelo acesso de uma maneira muito forte”.

Ascensão na Série B

Se na 14ª rodada da competição o América era o lanterna da competição, com 10 pontos, hoje é o terceiro, com 58, e postulante ao acesso. Para o treinador, que assumiu o time na 10ª rodada, o grupo só começou a ter a consciência da campanha histórica que vem fazendo neste momento do campeonato.

“A gente veio ‘construindo com o carro andando’, porque foi no meio da competição, não é fácil fazer isso. Então, a gente trocou a roda com o carro andando e talvez eles não tivessem a noção do que eles são hoje como equipe, uma equipe que joga, que se defende bem, na hora que precisa nos ajudam, um ataque muito rápido, com uma circulação de bola, saída de bola boa. Tudo isso a gente veio conversando com eles, vem conscientizando o que eles construíram, e o que eles construíram”.

Força da torcida

Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Cuiabá, na segunda-feira, o comandante americano havia pedido o apoio do ‘povo de BH’ na partida contra os baianos. Depois do triunfo contra o Vitória, Conceição reforçou o pedido.

Vamos continuar chamando a torcida, que hoje fez um belo espetáculo. A vitória para ela também, que nos empurrou, apoiou. Nós tomamos um gol e ela apoiou, empurrou a equipe, cantou na hora que estávamos sofrendo, e isso tudo é muito importante. Essa sinergia torcida-equipe está funcionando muito bem”.

Tags: serieb americamg interiormg futnacional