América

AMÉRICA

Lisca elogia nível de exigência no América: 'Gosto desse grupo porque eles se cobram'

Técnico comentou discussão de atletas após vitória sobre o Tombense

postado em 29/02/2020 19:06 / atualizado em 29/02/2020 19:49

(Foto: Mourão Panda/América)
O América assumiu a liderança do Campeonato Mineiro ao vencer o Tombense por 2 a 1, neste sábado, no Independência, pela sétima rodada. Apesar do resultado favorável, houve quem ficasse na bronca por causa das inúmeras chances desperdiçadas no jogo. Foi o caso do meia Alê, que se irritou no lance em que Geovane finalizou a bola em cima da defesa adversária em vez de colaborar com uma assistência. O técnico Lisca analisou o episódio de maneira positiva. Ele enxergou uma cobrança sadia de um grupo que sempre procura a evolução.

“A gente está cobrando em uma situação de criação. O mais difícil seria se a gente não tivesse o volume. Não vamos ser tão rigorosos assim. Gosto desse grupo porque eles se cobram, querem mais. O Alê estava chateado com o Geovane porque ele não preparou a bola, e o Geovane ficou bravo. Isso é uma família. Nós vamos brigar, vamos quebrar o pau lá dentro, acertar e vamos de novo. Ninguém está ali para errar, mas o futebol é um jogo de erros. E o que precisamos fazer é minimizar tanto os ofensivos quanto os defensivos”, disse.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, Alê explicou que se irritou com Geovane porque o América já havia perdido chances para fazer três ou mais gols diante do Tombense, que, por sua vez, conseguiu balançar a rede nas raras chances que teve.

“Às vezes a gente tem muita chance de matar o jogo e não mata. Vimos que quando vacilamos contra um time muito competente, eles marcam. É calor do jogo, jogo de liderança, às vezes os nervos ficam à flor da pele, mas tudo fica aqui dentro. Lá fora vamos comemorar”.

Do pé direito de Alê saiu a enfiada de bola para o primeiro gol do Coelho, anotado por Ademir, aos 4 minutos do primeiro tempo. Ele percebeu a arrancada do atacante do lado direito para o meio e encaixou ótimo passe nas costas da defesa do Tombense. O camisa 10 ajeitou a redonda e bateu de pé esquerdo na saída de Felipe Garcia.

No segundo tempo, o Tombense empatou aos 5 minutos, em chute por cobertura de Cássio Ortega, mas o América tornou a ficar em vantagem na conclusão de Rodolfo, aos 18. Com a vitória, o time de Lisca assumiu a liderança isolada do Campeonato Mineiro, com 17 pontos em sete jogos (cinco vitórias e dois empates).

Agora, o América tem o desafio de manter o bom futebol em outro torneio, a Copa do Brasil, na qual pegará o Operário Ferroviário, em duelo único da segunda fase. O jogo acontecerá às 20h de quinta-feira (5/3), no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no interior do Paraná.


Tags: América interiormg futnacional Independência Tombense Lisca