América

AMÉRICA

Matheus Cavichioli, do América, projeta duelo na Copa do Brasil e relembra título conquistado sobre o Internacional

Na ocasião, goleiro foi herói em disputa de pênaltis e ajudou o Novo Hamburgo a levantar o troféu do Campeonato Gaúcho de 2017

postado em 09/11/2020 17:45 / atualizado em 09/11/2020 17:28

(Foto: Estevão Germano/América)


O adversário do América nas quartas de final da Copa do Brasil será o Internacional, equipe que o goleiro Matheus Cavichioli conhece bem. Com boa parte da carreira estruturada no Rio Grande do Sul, o arqueiro iniciou a formação como jogador pelo próximo adversário do Coelho.

Nesta semana, Matheus e Inter voltarão a se encontrar, na quarta-feira, em Porto Alegre, às 21h30 - o jogo de volta será na quarta seguinte (18/11), no mesmo horário, em Belo Horizonte. Ao falar sobre o confronto, o arqueiro relembrou o título gaúcho conquistado em 2017, pelo Novo Hamburgo, batendo o Colorado na decisão.

"É um clube que eu conheço muito bem, o estádio Beira-Rio eu conheço muito bem. Tive a felicidade, lembrando de 2017, quando a gente foi campeão do Campeonato Gaúcho, e a final foi contra o Internacional. Claro que há muitas mudanças de lá para cá, mas é uma escola que eu conheço bem, um estilo de jogo que é próprio do clube", contou o goleiro do América.

Na ocasião, Cavichioli foi destaque na campanha do Novo Hamburgo: garantiu o 2 a 2 no Beira-Rio e, em casa, outro empate, por 1 a 1, levou a decisão para as penalidades. Matheus defendeu a cobrança de Nico López, enquanto D'Alessandro e Cuesta - que, atualmente, seguem na equipe colorada - finalizaram na trave; no time do interior gaúcho, foram três batidas corretas e vitória por 3 a 1.

Defesas de pênalti em 2017 foram destaque contra dupla Gre-Nal


No mesmo campeonato, Matheus Cavichioli também foi destaque na semifinal, quando o seu time eliminou o Grêmio. Assim como diante do Inter, com dois empates - ambos por 1 a 1 - e vitória na disputa de pênaltis.

Na ocasião, o arqueiro defendeu as cobranças de Pedro Rocha e Kannemann, o que garantiu o êxito do Novo Hamburgo, por 7 a 6. Ao todo, foram três penalidades defendidas contra a dupla Gre-Nal durante a fase final da competição.

Revelado profissionalmente pelo Grêmio, Matheus Cavichioli fez parte do processo de categoria de base no Internacional, quando trabalhou com Lisca, atual treinador do América, pela primeira vez. A dupla também esteve reunida no Caxias-RS, em 2011. 

Tags: Copa do Brasil serieb interiormg futnacional internacionalrs Matheus Cavichioli