América
1

AMÉRICA

'Motorzinho' do América, Juninho destaca confiança do elenco: 'A gente criou muita casca'

Volante comentou sobre a expectativa para o confronto decisivo na Copa do Brasil e citou diferenças entre os jogos contra times das Séries A e B

postado em 18/11/2020 14:45 / atualizado em 18/11/2020 17:48

(Foto: Mourão Panda/América)
Há mais de quatro anos no América, o volante Juninho já se tornou ídolo da torcida e trabalha para acrescentar mais conquistas ao seu currículo. Em entrevista à TV Coelho, o jogador de 33 anos destacou a confiança do elenco americano para a sequência da temporada.
 
“A gente criou muita casca nesse ano. A gente virou um time cascudo, um time chato de se jogar contra, pelas situações e circunstâncias que a gente já enfrentou esse ano, né? A gente ali da frente, ali da Série A, nós enfrentou (sic) o Atlético Mineiro, agora Internacional, então isso vai dando casca para a gente também, né? A gente vai aprendendo a jogar com esses grandes clubes. Fora o nosso treinador, que está acostumado com isso. Então, a experiência que ele nos passa e a obediência nossa ali dentro de campo para fazer, de acreditar no trabalho, vem dando sucesso”, disse.
 
 
O capitão do América comentou sobre a expectativa para o confronto decisivo na Copa do Brasil, contra o Internacional: “A expectativa é grande né, alta. Mas a gente está bem tranquilo, cabeça boa, porque a gente sabe que estamos bem preparados. (...) Sabemos da importância do jogo, sabemos do desafio da partida, mas não adianta nada a gente ficar carregando peso a mais. Então, é tranquilidade para fazer o que a gente vem fazendo aí.”
 
Questionado sobre a fase oscilante do Internacional, que vem de duas derrotas, Juninho foi enfático: “Achar que vai ser moleza por eles vim (sic) com dois resultados negativos, acho que isso é bobeira. Pelo contrário, vai ser jogo muito difícil, mais difícil ainda, porque eles querem recuperar, querem voltar a vencer para pegar confiança. (...) Uma vitória sobre nós muda todo o cenário para eles”.
 
O meia de 33 anos também apontou as diferenças entre as partidas da Série B e os confrontos contra grandes clubes da primeira divisão: “Eu acho que a Série B é mais pegada. É um jogo mais truncado. E a Série A, talvez você tem mais espaço, mas você tem que buscar esses espaços também. Acho que a diferença está nesse quesito. Um time grande igual Internacional, Corinthians, eles jogam, só que deixam a gente jogar também. Eles deixam, mas é preciso jogar. Acaba que quando a gente chega na frente, sempre chega ali com uma opção de um arremate pro gol. Não só eu, mas como os outros também vêm se destacando nesse quesito”, afirmou.

Por fim, Juninho voltou a destacar a confiança do grupo americano: “A gente está disposto a pagar o preço pra continuar vivendo esse sonho. (...) É mais um sonho, mais uma etapa, um jogo difícil. Esquecer que tem vantagem e continuar fazendo o que a gente vem fazendo. Eu tenho certeza, né, se Deus permitir, vai dar tudo certo pra gente”, completou.
 
O América recebe o Internacional nesta quarta-feira (18), às 21h30, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Independência, em Belo Horizonte. Por ter vencido o confronto de ida pelo placar de 1 a 0 no Beira-Rio, em Porto Alegre, o Coelho joga por um empate para se classificar às semifinais do torneio pela primeira vez em sua história.
 

Tags: juninho confianca copadobrasil americamg interiormg