América

OPINIÃO

América grande, hoje

Grande ontem, maior hoje, AMÉRICA sempre. A resistência.

postado em 30/04/2021 07:00 / atualizado em 30/04/2021 14:28

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)


Rodrigo Scapolatempore, jornalista e torcedor
rodrigoscapola@gmail.com
 
O América já nasceu grande. Não é qualquer time que consegue ganhar dez vezes seguidas um campeonato estadual.

O América foi grande quando já incentivava o futebol feminino em época que ele era mal visto e até proibido no país.

O América foi grande quando não admitia discriminar jogadores negros, mesmo sendo um clube formado por aristocratas da elite branca mineira.

O América foi grande quando protestou contra os vícios do futebol profissional e mudou suas cores para vermelho sem medo de perder sua identidade.

O América foi grande quando suportou uma punição injusta da CBF na década de 1990, nunca antes vista, e ainda sim conseguiu retornar à elite.

O América foi grande quando conseguiu sobreviver às escaladas dos rivais e permanecer de pé, incomodando em clássicos, revelando craques e ganhando alguns títulos.

Há mil razões para dizer que o América foi grande. Mas o América de agora, que respeita suas origens, não quer ser só a sombra do que foi antes.

O América que quer ser gigante hoje é este que estamos vendo: um clube que resistiu a rebaixamentos, às interferências de arbitragens e da CBF, às chacotas dos rivais e, muitas vezes, até ao descaso da cobertura esportiva.

Valeu a pena. Temos as finanças organizadas, exploramos um shopping com nossa sede, um estádio só nosso, nossa marca está bem cuidada e a perspectiva de dias melhores já é real.

Mas tão grande ou maior que o América são aqueles 300 (sparta!) torcedores que, mesmo no fundo do poço, estavam lá no Mineirão em um clássico com ingresso a 100 reais e com quase certeza de derrota.

Eles sabiam que um dia haveria de vir alguma justiça que justificasse o sacrifício. E esse dia chegou. A Onda Verde está apenas começando.

Grande ontem, maior hoje, AMÉRICA sempre. A resistência.

(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Tags: aniversário coelho copadobrasil americamg interiormg seriea 109 anos Rodrigo Scapolatempore