Atlético

ATLÉTICO

Diretor do Atlético explica uso do termo 'babaca' em relação a repórter durante discussão no Acre e pede desculpas a quem se sentiu ofendido

Domênico Bhering disse que só teve intenção de acalmar Oswaldo de Oliveira

postado em 10/02/2018 18:25 / atualizado em 10/02/2018 21:12

Reprodução
O diretor de comunicação do Atlético, Domênico Bhering, posicionou-se neste sábado sobre o polêmico atrito entre o técnico Oswaldo de Oliveira e o repórter Léo Gomide, ocorrido na última quarta-feira, em Rio Branco-AC, logo após o jogo contra o Atlético-AC, pela primeira fase da Copa do Brasil. Bhering usou o termo ‘babaca’ em referência ao profissional de imprensa enquanto tentava apartar o conflito.

”Ele é um babaca. Não vale a pena. Não vale a pena”, disse Domenico enquanto reconduzia Oswaldo de Oliveira até o espaço da coletiva (assista ao vídeo completo abaixo).

Em entrevista à Rádio 98 FM, de Belo Horizonte, Domênico alegou que usou a expressão para acalmar Oswaldo de Oliveira. “Eu tiro o Oswaldo da confusão, o Oswaldo volta e se refere ao Léo como babaca, ‘você é um babaca’ e volta. O Léo fala alguma coisa lá de trás, ‘eu não falei isso’, e tal, e aí o Oswaldo volta. Eu pego o Oswaldo de novo, e trago pro lado do banner para continuar a entrevista coletiva. Nessa hora, que ele grita babaca pro Léo, eu digo pra ele: ‘calma, não vale a pena, ele é babaca mesmo, no intuito de acalmar o... Quem já separou uma briga sabe como funciona esse processo. Então, eu estava ali, separando aquela confusão, aquela possível briga. E aí eu falo...E eu acho, que eu fiz o que tinha que fazer, à exceção dessa palavra que eu usei, que eu nem tô olhando pro repórter, pro Léo Gomide, eu tô de costas para ele, eu tô levando o Oswaldo de volta, as imagens estão aí, rodaram o mundo e todo mundo viu”.

Domênico se desculpou com quem se sentiu ofendido pela sua postura na confusão. “Muita gente entrou no meu Twitter, ‘você deve uma explicação, você deve explicação’. A explicação é essa. Eu não tive intenção absolutamente nenhuma de agredir a imprensa ou ao Léo Gomide, eu estou saindo de costas, eu não falo isso para ele, para a câmera, não falo isso no microfone, mas o microfone captou. E ali o meu objetivo único era tirar o Oswaldo, então eu falo ‘ele é babaca mesmo, vamos sair daqui, vamos sair daqui, tá bom, tá bom. Vamos sair daqui. Enfim, se alguém se sentiu ofendido com isso, eu não tenho problema nenhum. Eu sou um cara extremamente humilde, você me conhece. Então, não tive intenção de ofender o Léo, de ofender a imprensa, muito menos o torcedor do Atlético, que sabe quem eu sou, o que já fiz pelo Atlético. Todo mundo erra e o meu erro foi usar a palavra que o Oswaldo usou para acalmar o Oswaldo. Se alguém se sentiu ofendido, obviamente que eu me desculpo, não tenho problema nenhum com isso”.

Proibição continua

Por conta do atrito com Oswaldo de Oliveira, o repórter Léo Gomide continua proibido pelo Atlético de acessar a Cidade do Galo no dia a dia de treinos da equipe. Segundo Domenico, a decisão partiu do presidente Sérgio Sette Câmara e continua sob análise.

”Isso aí fica a cargo do presidente do clube, que deu uma entrevista coletiva no CT, diz que está apurando as coisas que ele precisa apurar em relação a esse assunto e que até segunda ordem, essa proibição está mantida. Vamos aguardar, vamos deixar o tempo passar, vamos ver o que o Sérgio vai falar em relação a isso mais pra frente, vamos ver a análise que ele vai fazer dos fatos que aconteceram, né, e ele é o mandatário maior e vamos aguardar uma posição dele”, disse o diretor de comunicação do Atlético à Rádio 98 FM.

Após ouvir dois jornalistas que presenciaram a discussão, o Atlético conclui que Oswaldo de Oliveira foi xingado por Léo Gomide e, por isso, reagiu com com palavrões e quase com agressão física. Por sua vez, o repórter alega que disse ‘Esse é o meu trabalho’ e a frase acabou sendo confundida pelo técnico com o termo ‘caralho’. 
Leia, a seguir, a transcrição completa da entrevista de Domenico Bhering à Rádio 98 FM:

Domênico Bhering - É um assunto chato, que a gente espera que tenha um final. A gente tem que pontuar determinadas coisas. A primeira parte que a gente precisa pontuar é que o Atlético tem por filosofia não censurar pergunta de repórter, você está lá há muitos anos, sabe disso, eu particularmente já devo ter presenciado pelo menos umas mil entrevistas de treinador após jogos. Nunca, absolutamente nunca, interrompi pergunta de ninguém e assim foi feito também no Acre. Quando o repórter, o Léo Gomide, faz a pergunta, o Oswaldo não quer responder, o Léo rebate, ele rebate, está tudo dentro de uma normalidade, você também já passou por isso, eu já passei por isso enquanto repórter. Em determinado momento, o Léo, já desligando ou com o equipamento desligado, fala alguma coisa, que eu não sei o que ele falou. Se eu soubesse, falaria, não teria problema absolutamente nenhum, mas tenho que estar tranquilo com minha consciência, eu não sei o que ele falou. Algumas pessoas disseram ter ouvido. O treinador se vira, de uma forma bruta, repentina, e começa aquela confusão. Eu então vou atrás do Osvaldo e tenho o único objetivo de apartar aquela situação...

Repórter Igor Assunção, da Rádio 98 FM - Mas tem muito questionamento em relação ao que você disse também, Domenico, que você também estava concordando com o Oswaldo, porque o Oswaldo chamou o cara de babaca, não sei o que, e os dois se confrontaram por ali...

Domênico Bhering - Sim, eu vou chegar lá... Eu vou atrás do Oswaldo, seguro o Oswaldo, e o Oswaldo muito nervoso, e eu naquele momento queria evitar e acho até que consegui evitar o pior. Então eu tiro o Oswaldo da confusão, o Oswaldo volta e se refere ao Léo como babaca, você é um babaca e volta. O Léo fala alguma coisa lá de trás, ‘eu não falei isso’, e tal, e aí o Oswaldo volta. Eu pego o Oswaldo de novo, e trago pro lado do banner para continuar a entrevista coletiva. Nessa hora, que ele grita babaca pro Leo, eu digo pra ele: ‘calma, não vale a pena, ele é babaca mesmo, no intuito de acalmar o... Quem já separou uma briga, Igor, sabe como funciona esse processo. Então, eu estava ali, separando aquela confusão, aquela possível briga. E aí eu falo...E eu acho, Igor, que eu fiz o que tinha que fazer, à exceção dessa palavra que eu usei, que eu nem tô olhando pro repórter, pro Léo Gomide, eu tô de costas para ele, eu tô levando o Oswaldo de volta, as imagens estão aí, rodaram o mundo e todo mundo viu. Não tive intenção absolutamente nenhuma de agredir ao repórter ou a imprensa, que se sentiu agredida, muito menos a torcida. Muita gente entrou no meu Twitter, ‘você deve uma explicação, você deve explicação’. A explicação é essa. Eu não tive intenção absolutamente nenhuma de agredir a imprensa ou ao Léo Gomide, eu estou saindo de costas, eu não falo isso para ele, para a câmera, não falo isso no microfone, mas o microfone captou. E ali o meu objetivo único era tirar o Oswaldo, então eu falo ‘ele é babaca mesmo, vamos sair daqui, vamos sair daqui, tá bom, tá bom. Vamos sair daqui. Enfim, se alguém se sentiu ofendido com isso, eu não tenho problema nenhum. Eu sou um cara extremamente humilde, você me conhece. Então, não tive intenção de ofender o Léo, de ofender a imprensa, muito menos o torcedor do Atlético, que sabe quem eu sou, o que já fiz pelo Atlético. Todo mundo erra e o meu erro foi usar a palavra que o Oswaldo usou para acalmar o Oswaldo. Se alguém se sentiu ofendido, obviamente que eu me desculpo, não tenho problema nenhum com isso.

Repórter Igor Assunção, da Rádio 98 FM - Em relação à proibição, partiu da diretoria, eu sei que partiu do presidente, mas como pode rever isso aí, que isso é uma das coisas que o torcedor está questionando, a proibição da entrada do Léo na Cidade do Léo.

Domênico Bhering - Isso aí fica a cargo do presidente do clube, que deu uma entrevista coletiva no CT, diz que está apurando as coisas  que ele precisa apurar em relação a esse assunto e que até segunda ordem, essa proibição está mantida. Vamos aguardar, vamos deixar o tempo passar, vamos ver o que o Sérgio vai falar em relação a isso mais para frente, vamos ver a análise que ele vai fazer dos fatos que aconteceram, né, e ele é o mandatário maior e vamos aguardar uma posição dele.

Tags: oswaldo de oliveira leo gomide domenico bhering copadobrasil seriea interiormg atleticomg