Atlético

ATLÉTICO

Do inferno ao céu: Everson falha, mas se redime e classifica Atlético

Goleiro viu tento do Boca Juniors ser anulado por impedimento milimétrico após falha, mas teve atuação decisiva na disputa de pênaltis

postado em 20/07/2021 21:40 / atualizado em 20/07/2021 23:19

(Foto: Bruna Prado/AFP)
O goleiro Everson, do Atlético, viveu uma noite memorável nesta terça-feira (20), no Mineirão, em Belo Horizonte. Diante do Boca Juniors, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, o arqueiro falhou em lance de gol argentino - que viria a ser anulado pelo VAR -, mas se redimiu com duas defesas de pênaltis e um gol na disputa decisiva, foi 'do inferno ao céu' e garantiu a classificação do Galo às quartas de final.




 
Aos 21min da segunda etapa, Everson falhou em cobrança de falta do Boca Juniors. O goleiro saiu da meta, tentou agarrar, mas acabou soltando a bola. Na sobra, Weigandt empurrou para as redes do Atlético.
 
Após confusão e longos minutos de avaliação no VAR (árbitro de vídeo), o juiz Esteban Ostojich anulou o gol por impedimento milimétrico de González na origem do lance.
 
Passada a tensão da falha e também da reta final do confronto, o jogo se encaminhou para a decisão por pênaltis. Mais um roteiro memorável aguardava o Atlético na noite deste 20 de julho.
 
 
 
Após erro de Hulk na cobrança inicial, Marcos Rojo (Boca) e Nacho Fernández (Atlético) converteram suas batidas. A partir deste momento, a estrela de Everson passou a brilhar. Primeiro, ele defendeu cobrança de Sebástian Villa, no centro do gol.
 
Após gol de Junior Alonso, que colocou o Galo à frente no placar, Everson fez grande defesa em pênalti cobrado por Esteban Rolón, pulando rapidamente à meia altura, no canto direito.
 
Por fim, depois de erros de Hyoran (Atlético) e Izquierdoz, caiu sobre os pés do arqueiro atleticano a responsabilidade de converter a cobrança que daria a classificação ao clube mineiro. Com um chute muito forte, no ângulo esquerdo do goleiro Agustín Rossi, Everson selou o avanço do Atlético em uma cobrança indefensável e, certamente, inesquecível em sua carreira.
 
O Galo só conhecerá seu adversário nas quartas de final da Libertadores por volta das 23h30 desta quarta-feira (21). Às 21h30, Argentinos Juniors e River Plate entram em campo no Estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires, para medirem forças por uma vaga na próxima fase. O jogo de ida, com mando do River, terminou empatado em 1 a 1.

 

Tags: falha ceu classifica inferno penaltis atleticomg interiormg futnacional seriea everson libertadores2021 redime